segunda-feira, 7 de setembro de 2015

2 decadas

...
...





No dia 5 de setembro, há 20 anos atrás eu estava nascendo
Eu nasci com 10 meses de vida (passou um tanto do ponto para nascer), eu quase morri depois de nascer, eu nasci sufocada e com a pele rocha... O médico teve que me estapear para eu chorar e então respirar (foi ai que até hoje eu tenho problemas no bumbum e perna, meus músculos doem facilmente, mas nada que me impeça de fazer algo, como chutar você)
Já nasci atrasada, sem ar e levando porrada... Hey!
(Minha mãe diz que eu parecia um filhote de macaco: Cabeluda, olhos grandes e braços longos... )


Bem...
Fazer aniversários é mais legal na infância, sabe, as pessoas se importam com o seu sorriso, até porque nessa idade é bonitinho... Conforme o tempo vai passando as festas vão diminuindo... Os presentes vão diminuindo...
Eu fui uma criança popular, mas não uma adolescente popular...
Eu lembro que na infância eu sempre colocava meus presentes em cima da cama de casal dos meus pais, e forrava a cama de presente... E conforme o tempo vai passando menos presentes apareciam... Até que ninguém mais me presenteava, apenas te davam um abraço e iam comer de graça na minha festa

Depois eu parei de fazer festas... Eu gostava dos presentes... Mas não gosto de festas... (As pessoas vão comer de graça?? Meu dinheiro!)
Eu não tive festa de 15/16 anos, acreditei que teria muitos gastos e poucos ganhos... Meio que eu acredito que só vale a pena fazer uma festa só se for muito divertido (e você amar todo mundo), ou você ter certeza que vai ganhar presentes no ponto de compensar os gastos da festa... Sim, eu sou mão de vaca




Mas ok, pelo menos ouvir um feliz aniversário compensa...
Ou não...

Quando eu entrei na adolescência eu parei de fazer amizades e me tornar uma pessoa centrada em outras coisas, nisso praticamente acabou os “parabéns”
Também porque as pessoas esquecem, no dia do meu aniversario ninguém lembra, mas 2 dias depois ou até uma semana depois eu começo a escutar “hey, seu aniversário foi naquele dia? ... Errr... Parabéns atrasado! ”
É logico que eu vou sorrir e acenar...
Mas no fundo eu fico zangada

No dia que eu estava toda sensível esperando ouvir alguma coisa, ninguém fala... Agora que o dia já passou e meu coração voltou a endurecer todo mundo tem a cara-de-pau de falar algo!?
“Mas eu não sabia...”
“Mas eu não te vi no dia”
Vai se ferrar! Você poderia ter me enviando uma mensagem!

Falando em redes sociais...
Isso desde o Orkut, todo mundo só lembra do seu aniversário porque recebem um lembrete da própria rede social
Ai chegam milhares de “parabéns”
Sabe o que eu acho isso? Lixo eletrônico... SPAM!

Ai chegam aqueles milhares de fazes parecidas umas com as outras, ou uma imagem de um cachorrinho com uma frase tosca e cheio de glitter... para mim aquilo não vale muito, as pessoas mandam por mandar!

Mas eu aprendi que é preciso ser educado
Primeiro que eu já avisei no ano passado que se escrever ou marcar coisas no meu mural eu já excluo! (É spam)
Ainda mais frases repetitivas
(Foi na época do meu aniversário, de repente comecei a receber atualizações de que dezenas de pessoas estavam escrevendo “parabéns” no meu mural e atolando tudo, ai eu tive um piti e postei que eu estava excluindo isso.... Algumas pessoas ficaram chateadas e me chamaram de arrogante [?] e me bloquearam)

Eu só aceito se eu gosto da pessoa e sei que aquilo é real (a pessoa realmente está me desejando algo, não está escrevendo porque o Facebook influencia as pessoas fazerem isso... E fazem isso esperando que você faça de volta)
Então eu tenho preferencias de me enviarem mensagens privadas... e no Orkut aprendi que você tem que ser educado e reponder a todos igualmente, então enviei um emotion para todo mundo
Tente entender, amor pela internet é muito frio, quase não existe, só estou sendo realista... Todo mundo envia o clássico copy/and/past “parabéns, muitos anos de vida” e eu respondo no mesmo nível copy/and/past “obrigado”


Mas a coisa que eu sinto falta nem é dos presentes (eu posso comprar, odeio receber coisas que eu não quero), mas é do real “parabéns
Sabe, a pessoa te olhar nos olhos e realmente te falar um “parabéns”, do fundo do coração, e demonstrar que realmente está feliz que você completou mais um ano de vida, que está feliz com a sua existência e por poder compartilhar isso, e que realmente deseja que você possa continuar vivo e feliz nos anos à frente
E não porque é uma coisa obrigatória que todo mundo faz e tem que fazer, porque se não fazer é um filho da puta/bastardo/idiota e sem educação
Eu não gosto disso
Gosto de demonstrações verdadeiras de sentimentos verdadeiros

A única pessoa que sempre lembra na data certinha e realmente me desejou com o coração... Foi a minha mãe...
Mas primeiro ela teve que fazer um discurso de uma hora do quanto eu parecia um macaco quando eu nasci, de quanto meus olhos eram grandes, e meus braços eram longos...
(Meu pai ficou tipo “como assim... É hoje? Achei que já tinha passado”... Até você...)

9 comentários:

  1. Eu odeio aniversario, odeio festa de aniversario, odeio o "parabens" do aniversario, e odeio festa de crianca e adultos tambem.


    Eu sou amarga!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehehehehhehe
      Fico feliz de encontrar alguém pior que eu hehehehehehehhe

      Excluir
  2. Ou então somos 3, porque eu também detesto aniversários. D.ET.E.S.T.O tanto a ponto da minha mãe fazer uma festa supresa e nós brigarmos no meio da festa kkkk

    ResponderExcluir
  3. Legal, eu vou ver sincero hoje quando faço aniversário nem eu quero saber, não ligo se ninguém der parabéns, tanto faz, e realmente só é mais legal quando se é menor, depois que cresce a pessoa quer até esquecer que está ficando mais velha, enfim coisa do ego mesmo.
    legal :)

    ResponderExcluir
  4. O único motivo pq eu gosto de aniversário é pq eu sempre ganho coisas boas, de namoradinho, mamãe, papai, vovó, tia...
    Enfim, só quem lembra de verdade, pq se for pelo face (coisa que eu não gosto e exclui), até gente que eu nunca falei me deseja um feliz aniversário, e na época do orkut? CRUZES, eu recebia cada coisa estranha *ursinhos com coisas estranhas e um bolo ou algo estranho saindo pela caixa* eu nunca agradecia, mas eu era boazinha e tinha bons amigos (só adicionava amigo), eles até sabiam que tecnologia não é meu forte e eu não sabia mexer no orkut, mas na verdade...
    Era preguiça.
    Há uma década atras, ai que saudade do orkut... Aquelas baboseiras são mais sinceras que o face e seus aplicativos de lembrete "quem fez niver hj?"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem coisas boas que só existiram no orkut, nem o Google plus conseguiu recriar

      Excluir

✵ Sou a favor da liberdade de expressão então se expresse como você quiser ✵

❤ Você pode discordar de mim, pode defender sua ideia, mesmo sendo contraria a minha, mas entenda que é meu blog, e eu vou defender minha ideia até o fim. Eu apenas vou recuar caso tenha percebido algum erro ou equivoco meu. Então essa é sua chance, seja claro e aberto. Todos são bem vindo... Menos pessoas sem emocional para lidar com opiniões diferentes e descem a xingamentos e ameaças ❤

☞ Mas evite ser desnecessariamente rude, pois eu respondo os comentários com o mesmo peso da sua, respeito é sempre bom, você pode discordar de mim, eu não sou dona da razão, mas você também não é. Lembre-se, o blog é meu ☜

♛ Evite por spans, se for para vir comentar que seja porque você tem interesse na postagem e não por auto-divulgação ♛

( ͡° ͜ʖ ͡°) Comentários sexualmente explícitos e vulgares são excluídos ʕ・ิɷ・ิʔ

✎ Existe uma opção de receber respostas pelo e-mail evitando ficar visitando meu blog para ver se obteve resposta (e evitar gerar números falsos), o nome é “notifique-me”, as respostas irão para o seu e-mail (para desabilitar ficar recebendo respostas, a opção está no e-mail)

⚛ Isso é um blog de opinião pessoal. Não é "site de noticia", não é propriedade de ong ou empresa comercial, logo não precisa ser imparcial ou seguir alguma regra de alguma empresa ou pessoa privada alheira. Eu sou apenas uma pessoa aleatória, sem importância social, que escreve nas horas vagas ⚛

"EU DISCORDO DO QUE VOCÊ DIZ, MAS DEFENDEREI ATÉ A MORTE O SEU DIREITO DE DIZÊ-LO" - Voltaire

Mais regras aqui

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...