quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Só um comentário... Cotas

Eu posso realmente falar merda nesse post por não conhecer o assunto bem
Mas se você acredita que conhece melhor o assunto pode tentar argumentar nos comentários
Estou aqui para isso, não é mesmo?
(Não tinha outro gif.)
Se você tem experiencia no assunto, fale




Política é um assunto muito chato para mim, não gosto, mas é impossível não falar sobre isso ainda mais nesse momento delicado que nós estamos vivendo no Brasil

Parece que dividiram as aguas no meio da tempestade, agora temos os da direita e os da esquerda, um jogando raios nos outros... E um pessoal lá no meio perdido...
Daí vem os extremismos, as opiniões prontas, e um monte de gente que só está ali para briga
Um é o lado da direita, todo mundo é cristão, a favor de agressividade e quer a cabeça da Dilma... Ai vem os capitalistas
O outro lado é a esquerda, aonde as feminazis estão, são a favor da Dilma... Dizem ser contra a agressividade, porem são bem agressivos com quem é contra elas... Os socialistas “cubanos”

...
Para começar, falar a minha posição, eu sou centro-direita
Sou a favor de cotas, só que por pobreza e não por etnia, porque eu acredito que uma pessoa não é menos capaz de conseguir um feito por causa da etnia, eu sei que o racismo é real, mas ficar criando cotas e enfiando eles por ai não vai resolver nada, eles precisam de apoio e não que alguém os leve no colo
...
É que é assim: Tem muitos negros que saíram de lugares muito pobres e violento, eles estudaram, cresceram, e conseguiram uma vida estável sem precisar de apoio nenhum, e no caminho até “apanharam” muito, eu conheço vários desse
Muitos negros são contra as cotas, eu sei disso
Mas tem alguns negros que se sentem muito mal em uma situação aonde o racismo acontece, eles não têm a “força” de lidar com a situação (eu sei, é muito doloroso), e começam a criar um tipo de baixa autoestima e se sentir mal toda vez que está em alguma situação que pode ser racismo, ai vem aquelas citações que alguns deles começam a deduzir que algo foi racista, mesmo que a pessoa a qual eles estão acusando de racismo nem ao menos tenha reparado na cor da pele
(Em contraste com outros negros que nem ligam, e sentem pena de quem são realmente racistas)
Acontece que essas pessoas que se sentem mal com o racismo fazem muito barulho, e o nosso governo atual ao invés de realmente dar um jeito na situação, de investigar, procurar, cuidar e etc. Começa a criar cotas e bolças e “comprar” a população, e criar pessoas dependentes ao governo

Cotas

“Mas há mais pessoas negras pobres do que branca”
A pessoa vir me dizer isso com convicção, daí começar a dizer que todo negro é pobre, para mim é racismo
Existem muitas pessoas brancas pobres e eu não vejo diferença entre os dois, porque um ganha cota e o outro não
Eu acho uma boa ideia a cota, existem pessoas que tiveram uma vida difícil, mas isso de cota por etnia... Eu não acho que um negro tenha menos capacidade de estudar e lutar do que um branco, e de novo, temos milhares de negros que saíram da miséria e tem uma vida boa hoje

“Mas o racismo os impede de conseguir”
Sim, o racismo é real, é algo difícil
Eu sei que muitas pessoas foram barradas do emprego por causa da etnia, é um crime isso
Mas o real barramento é a mente
Tem algumas pessoas que são negras e acreditam que as outras pessoas (brancas) não gostam deles pelo fato de ser negra, daí eles já entram em um lugar com a cabeça abaixada ou em posição de ataque
Mas ao invés de oferecer cotas e enfia-los em qualquer lugar, a coisa deveria começar lá no começo
Nas escolas já acontece conversas sobre racismo e preconceito, mas eles não abrem espaço para crianças debater entre si o que pensam, só vejo alguns professores fazer isso... Só que acontece que isso deveria acontecer mais cedo, porque depois de um tempo (na pré-adolescência) a criança já tem uma cabeça meia formada, se ela tem racismo guardado isso pode evoluir
Deveriam ter psicólogos na escola, deveriam conversar com os dois lados, deveriam dar apoio emocional para quem sofre ou sofreu racismo
Depois de adulto é difícil, mas não é tarde
As pessoas só dizem “isso é errado”, mas poucas chegam no “porque”... E por que deveriam se nós sabemos que é errado? Porque tem gente que precisa ouvir, tem gente que precisa se pôr na pele (ambos os lados)

“Você não é negra, não sabe o que eles passam”
Realmente, eu não sei
Eu nunca vou saber o que é sofrer racismo porque me consideram branca
Mas minha mãe é descendente direto com índios e negros, e ela sabe o que é ter um olhar torto por entrar em uma loja de auto custo por ter uma aparência humilde
E
E eu não ser de uma forma não quer dizer que eu não tenha compaixão por uma pessoa de outra forma
Essa coisa de “você não é isso/não faz parte disso, logo não vai saber o que eles passam” pode falhar, eu não sei o que é racismo, mais eu sei o que é dor, eu sei o que é rejeição, eu sei o que é preconceito... Como todo mundo sabe
Eu não preciso estar ali e botar a mão no fogo para saber que queima, se eu vejo uma pessoa chorando eu sei que doeu



_________________________________________
[...]Quem propagou com muito entusiasmo a idéia que “negro” é uma raça foram os escravistas. Eles usaram isso como desculpa para vender os pretos como escravos: “Podemos trata-los como animais, afinal eles são de uma outra raça que não é a nossa. Eles são da raça negra” [...]

[...] Em toda polêmica maldosamente fabricada por questões ideológicas/políticas, existem três tipos de pessoas: o difamado, os analfabetos funcionais e os canalhas.

Além dos dados oficiais (penúltimo em ranking de educação), outro sinal de que a educação no Brasil vai ladeira abaixo é o gigantesco tempo perdido neste país para se explicar o óbvio. Você já deve ter percebido que em qualquer assunto, seja qual for o tema ou a área em que se trabalha, o óbvio é um mistério desconhecido pela maior parte das pessoas.

Essa é a prova cabal de que o analfabetismo funcional predomina. E o governo ama isso: gente burra é mais fácil manipular.

Um país cheio de analfabetos funcionais é o terreno mais fértil do mundo para criar desinformação e mal-entendimento. Como a interpretação de texto e contexto são as linhas tênues que separam a piada da ofensa, não é à toa que em um país de analfabetos funcionais com baixa auto-estima sejam justamente comediantes os alvos da maioria das “polêmicas”.

Os analfabetos funcionais são a massa de manobra dos militantes políticos (canalhas) quando esses desejam difamar alguém que os contradigam publicamente. E os comediantes (quando não são chapa-branca) com frequência os contradizem (mesmo não sendo intencional)  apenas porque a natureza da comédia é ser incondicionalmente livre, para rir e fazer rir. Não existe espaço para ser incondicionalmente livre na ideologia da patrulha do politicamente correto. Ela é autoritária desde a sua concepção.

Funciona assim: o canalha (diferentemente do analfabeto funcional) compreende perfeitamente o óbvio (uma piada não é uma ofensa). Mas finge não entender (canalhice) e discursa como se não compreendesse tal obviedade, para poder atrair ao redor de suas “denúncias” os analfabetos funcionais (idiotas úteis) que compram as acusações sem perceber que estão sendo usados por eles, para brigarem com o desafeto particular do grupo acusador ao qual o canalha pertence.

A juventude socialista e blogueiros pagos com verba pública, em sua ferrenha caça às bruxas (na qual eu sou um herege que precisa ir pra fogueira) [...]

2 comentários:

  1. Não sei... Não entendo dessa merda de cota, eu sou negra, e sou muito feliz com isso.
    Mais também não sou a favor dessa merda, porque mesmo que não seja a intenção isso acaba aumentando o racismo, porque um negro não é inferior à um branco isso torna o negro ainda mais diferente dos outros... sei lá, acho que falei alguma merda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Negros reais costumam não dar apoio para coitas, alguns dão porque dizem que é recompensação historia (de uma coisa que aconteceu a tempos atrás com os bisavós deles), a capacidade de lutar de alguém está dentro dela e não por fora
      A maioria das pessoas que eu vejo pegando cota na verdade são mulatos, meus amigos negros ou já foram direto para o trabalho e se deram bem, ou conseguiram uma vaga na faculdade da forma tradicional e com um ótima media, mas deve ter pessoas que sofrem com esses assuntos e acreditam que precisam, hehehe sei lá
      Falou merda não, aqui quem só pode falar merda sou eu, cade seu documento de autorização? Você não tem hjehehehhee

      Excluir

✵ Sou a favor da liberdade de expressão então se expresse como você quiser ✵

❤ Você pode discordar de mim, pode defender sua ideia, mesmo sendo contraria a minha, mas entenda que é meu blog, e eu vou defender minha ideia até o fim. Eu apenas vou recuar caso tenha percebido algum erro ou equivoco meu. Então essa é sua chance, seja claro e aberto. Todos são bem vindo... Menos pessoas sem emocional para lidar com opiniões diferentes e descem a xingamentos e ameaças ❤

☞ Mas evite ser desnecessariamente rude, pois eu respondo os comentários com o mesmo peso da sua, respeito é sempre bom, você pode discordar de mim, eu não sou dona da razão, mas você também não é. Lembre-se, o blog é meu ☜

♛ Evite por spans, se for para vir comentar que seja porque você tem interesse na postagem e não por auto-divulgação ♛

( ͡° ͜ʖ ͡°) Comentários sexualmente explícitos e vulgares são excluídos ʕ・ิɷ・ิʔ

✎ Existe uma opção de receber respostas pelo e-mail evitando ficar visitando meu blog para ver se obteve resposta (e evitar gerar números falsos), o nome é “notifique-me”, as respostas irão para o seu e-mail (para desabilitar ficar recebendo respostas, a opção está no e-mail)

⚛ Isso é um blog de opinião pessoal. Não é "site de noticia", não é propriedade de ong ou empresa comercial, logo não precisa ser imparcial ou seguir alguma regra de alguma empresa ou pessoa privada alheira. Eu sou apenas uma pessoa aleatória, sem importância social, que escreve nas horas vagas ⚛

"EU DISCORDO DO QUE VOCÊ DIZ, MAS DEFENDEREI ATÉ A MORTE O SEU DIREITO DE DIZÊ-LO" - Voltaire

Mais regras aqui

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...