sexta-feira, 13 de maio de 2016

A opinião da Patricia Abravanel


Eu nunca gostei da Patrícia Abravanel... É inquestionável o motivo dela estar na Tv... Ela é a filha do patrão, ela não tem talento nenhum, não é cantora (auto-tune, que além de visível, é irritante também), não é atriz, não é modelo (bote um peruca no Silvio, e logo vera que é a mesma coisa, ela não é bonita, mas não há nada do que muita maquiagem possa melhorar)... E muitos menos uma apresentadora, ela não tem carisma nenhum, os olhos dela são gelados e vidrados em provavelmente algum texto pré-preparado, ela não age naturalmente, o que dá um certo desconforto em vê-la em ação... É bem claro que se não fosse o pai dela ali, ela não estaria ali, porque ela não teria motivos para estar ai... 



A família do Silvio aparentemente é bem grande, ele sempre cultivou carinho por onde anda, nisso espalhou suas sementes ao lado da mulher... A Patrícia é um deles, e não é a única que também está tentando seguir os passos do pai, que seria no mundo do entretenimento... E... Ela é a que mais está ganhando atenção... E a única que não tem talento... Vai entender porque tanto empreendimento com a pessoa dela...
Isso não é sobre odiar ela, e sim não gostar, e eu não ver motivos para não gostar... Coisa pessoal...


 Mas nesse domingo passado aconteceu uma coisa...
Patrícia sempre teve uma opinião pública, ela sempre falou o que pensa, a linha de pensamento dela é antiga, ou seja, ela é conservadora, não é novidade isso vindo dela...
Bem, como eu disse... Nesse domingo passado aconteceu algumas coisas... Ela participa de um quadro no programa do papai dela, no quadro vai se respondendo perguntas (todo mundo conhece, não é?), é o tal do “jogo dos pontinhos”...
Nesse domingo passado, ela afirmou que acredita que relações de pessoas entre o mesmo sexo não é e nem deve ser considerado algo normal, e que ateus são miseráveis... De uma vez só... 

Como eu reagi? Eu meti o foda-se, não me importo com o que ela pensa, ela não é relevante para mim... Mas as pessoas reagiram em relação a isso, ficaram bravas, tristes ou concordaram com ela... Isso deu muito barulho... Então eu vim aqui de novo... Falar de alguém que eu não gosto... Por vocês... Me beijem antes, por favor...



Sobre os gays






É uma opinião bem quadrada mesmo, é triste, mas não é crime, a opinião dela é baseado nas crenças dela, na qual ela caiu de cabeça... E provavelmente isso foi algo bem filtrado (em relação ao que ela realmente pensa), a intolerância é bem clara na opinião dela, ela deixa bem explicito que acredita que as pessoas não deveriam ver isso como algo normal, e então deixa subentendido que vê isso como uma doença (na hora que ela diz “se tem algo dentro dele”)... A parte que prova que ela estava filtrando no que estava falando, foi na parte em que ela diz “se eu dizer que sou contra, [logo] eles iram me apedrejar”, ou seja, ela estava se segurando, provavelmente ela pensa pior que isso... A gota d’agua para muitos foi quando ela se referiu a homossexualidade como homossexualismo, que foi banido porque no passado o “ismo” era para categorizar a homossexualidade como doença... (Ateismo termina com “ismo” no pt-br, mas não teve a mesma história por traz)... A partir daí ela começa a zombar do assunto...
A treta sobre os gays ficou bem ruim para ela, pois o mundo artístico tem muitos gays no meio, vários motivos para estarem lá, um deles é porque é um mundo mais feminino, e também porque a maior parte é expulso de um lado da sociedade e buscam a arte como ponto de recolhimento e expressão... E... Ela está apresentando um programa na qual o público alvo é feminino, o tal da Maquina da Fama, que é um programa maravilhoso — que o único defeito é ela, antipatia em pessoa, que mal sabe falar bem... Que horrível que é quando você tem que esperar ela terminar de tentar falar... — Mas não é só ela que está lá, todo mundo sabe que tem uma equipe enorme por traz de tudo, e... devo supor que a maior parte é gay também...
O engraçado que no último programa ela “cantou” (pois não conta merda nenhuma) uma música da katy Perry, que na qual é um dos hinos dos gays (não ganha de Beautiful da Xtina não, em questão de hinos gays), o que foi um baita de um “masoque!?”

O vídeo dela tentando cantar:
(péssima atuação, caras e bocas vergonhosas, a voz é playback misturado com auto-tune... Os dançarinos estavam ótimos, mas ela não conseguia ser natural e participar da cena)


A maior parte esmagadora dos fans dela eram gays, que ficaram mega tristes com isso, a maior parte deu um tchau para ela, e teve uma pequena parte que tentou ignorar a situação dizendo que ela deve ter sido interpretada mal (desculpa, mas não tem como, estava bem explicito)... Choveu de críticas em redes sociais dela, muita indignação, totalmente aceitável as reações...
O lindo dessa parte é que a maior parte das pessoas contra a opinião dela foi sensato, não vi a tal “ser apedrejada” como ela acreditava que aconteceria, as pessoas foram até bem leves, apenas deixando explicito que condena uma posição tão dura... Mas quase ninguém foi agressivo... parabéns para o nosso lado que soube combater intolerância com sensatez

Agora fico imaginando ela ter que olhar para a cara de todos os profissionais gays em volta dela... Se a filhinha do papai se dá o trabalho para olhar nos olhos de alguém...

Mas você se recusaria a mexer no cabelo com quem é intolerante com quem você é?... No risco de perder o emprego?... Acho que dá para engolir...


Sobre os ateus
Nós somos miseráveis na opinião dela... Não tem nenhum crime ai... Mas deu barulho...
Ela dizer que nós somos ligados ao dinheiro foi engraçado... Bem... Ela é rica... Não... Ela é filha de um dos homens mais ricos do Brasil, dono de uma das maiores emissoras do Brasil, e que vai se tornar imortal (ela provavelmente vai sumir, mas o Silvio Santos jamais será esquecido)... Ela nunca foi pobre, vive no luxo... E vem falar que a gente que é ligado ao dinheiro...
É inaceitável ela dizer tal coisa sobre os gays quando é claro que ela vive no meio deles, você está no mundo artístico, então é só virar para o lado que vai ver um por ai, ela convive com eles... Mas sobre ateus é bem mais difícil conviver com um, porque a maior parte de nós se esconde... Por causa disso que nos escondemos (por causa dessa linha de pensamento), porque as pessoas te olham torto, começam a pensar mal sobre você, a te questionar ou a te rotular... Você de repente vira possível bandido sem nunca ter feito nada... É difícil, mas é uma realidade
É meio complicado lutar contra isso, na maior parte das vezes eu apenas me afasto quando sinto que alguém possivelmente vai ter algum episódio de intolerância em relação a mim, assim como eu não sou obrigado a lidar com as merdas preconceituosas da pessoa, a pessoa não é obrigada a lidar comigo... Mas é complicado quando alguém vem para cima de você e quer que você engula o que ela acredita ser verdade... Cansa... Magoa... é complicado
O comentário sobre os ateus quase não apareceu na mídia, ninguém deu muita bola, porque a maior parte da população condena os ateus, e nessa parte muita gente concordou...
Então a “ATEIA”, que é uma associação (por isso eles pedem dinheiro para participar, é tipo um clube, você ajuda na causa deles, mas não é obrigatório), a ATEIA decidiu fazer barulho em relação a isso e ameaçou em fazer um processo judicial... E a maior parte esmagadora dos ateus foram contra isso, todo mundo concorda que pessoas famosas são influentes, e que se elas tem alguma opinião negativa sobre o assunto, isso influencia as pessoas a serem mais negativas sobre tal assunto também (Patricia é influente?), mas a maior parte de nós costuma defender opiniões mesmo contraria as nossas, pois um dos assuntos que os ateus defendem é a liberdade religiosa (ter ou não ter)... Mas a preocupação da Ateia é fazer com que a causa dos ateus sejam respeitadas... Eu realmente acho o processo desnecessário, ela tem o direito dela de se expressar como quer, se ela pensa isso e não quer abrir a cabeça, que se feche então, não vai mudar nada na minha vida, eu só vou boicota-la, assim como os gays estão fazendo, deixar ela para lá, se ela não aceita ou tolera, eu não vou aceitar ou tolera-la...
Sei que teve gente que ficou magoado mesmo, te rotularem como “não normal”, ou “miserável” dói, ainda mais quando se escuta todo dia, nem todo mundo é como eu, que ri e manda se fuder... Assim como a liberdade de se expressar é real, a liberdade de se ofender e responder como sente e acredita como deve é real também
Mas na boa... Quem liga para essa mulher... O programa Maquina da Fama é ótimo porque tem uma equipe enorme por traz, porque traz gente talentosa para se apresentar... E não por causa dela, na verdade, ela é um pequeno incomodo lá... Não se entristeçam com o que ela diz, ela não é tão importante para ser dona de alguma verdade, ou ainda amais, para dizer algo sobre você.... 





15 comentários:

  1. Patricia Abravanel não tem carisma, já tentei ver o programa dela, as vezes parece um talento das pessoas, mas não todos.

    Quanto a ela mesma, eu vi só dos Ateus, realmente fiquei pensando na igreja que um dos meus familiares está frequentando, onde o profeta, sim profeta, não é padre, o profeta prometia milhões, casas e carros, diamantes e a primeira coisa que fizeram foi me dá um envelope para coloca dinheiro, depois passa a cesta para joga meu trocado do ônibus.

    Falaram que Ateus são burros, ovelhas condicionais, inteligente e melhor da turma e quem acredita na historinha de Adão e Eva(ele que disse historinha).

    Esses preconceitos realmente me fazerem querer debate com esses religiosos, realmente não sabem que suas famílias tem cada vez mais agnósticos.

    Quantos aos homossexuais é algo tão antigo e existente na sociedade, fica contra e tatuar retardatário na testa, mas se quiser todos sejam bi e acaba com essa asneira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses profetas são mais perigosos que padres, eles são charlatões em um nível estremo usando o emocional das pessoas para ganhar dinheiro e no fim as coisas nunca terminam bem, eu lamento mesmo por você, e até te digo para tomar cuidado, essas pessoas são hipnotizadas e podem ficar agressivas
      ESteriopcos sobre ateus tem um monte, mas como você pode ver, ser ateu só envolve a filosofia religiosa da pessoa, ou seja, não acredita em merda nenhuma, compara eu, Felice Fawn e o Christopher Hitchens, somos pessoas ateias mas totalmente diferentes, assim como religiosos são diferente entre si... Tem muito ateu gênio, tem muito ateu burro...
      Eu por exemplo prefiro amor ao dinheiro, mas tem muitos que trabalham a vida toda para ter luxo, as pessoas seguem aquilo que acham que são o melhor para elas
      Não faça isso, não faça mesmo isso, faça em ambientes aonde as pessoas queiram conversar e debater, mas não entrem em discussões com fanáticos, eles podem te agredir ou difamar você
      A maior parte dos preconceitos é antiga, são baseadas em pensamentos antigos que não levam a nada, e por isso que não dá para entrar em uma discussão saudável com eles.... Como conversar com alguém que acredita em algo por fé e não por realmente saber?

      Excluir
  2. Opinião é opinião e todos tem direito de expôr o que pensam.
    Agora sobre essa performance que ela fez da Katy Perry... prefiro não comentar.... Apenas posso dizer que ri bastante.

    ResponderExcluir
  3. Cecília, vamos por partes.

    Eu acredito que opinião é opinião e todos tem direito de manifestá-la, mas uma "opinião" como essa dela afeta uma parcela considerável da população brasileira, a população LGBT, da qual eu faço parte, sou gay. Quando ela diz que não é normal ela "afirma" para uma quantidade grande de pessoas homofóbicas acreditarem que estão fazendo o certo ao espancarem e até ao matarem gays na rua. Claro que estou sendo extremista, mas quando você pensa que uma pessoa sem muita instrução ouve isso de uma pessoa que está na TV e só por estar na TV é considerada influente e inteligente e culta e importante, a pessoa pode achar que pode, por exemplo, fazer aquela piadinha homofóbica na escola que todos nós gays passamos a nossa vida toda ouvindo e sabemos o quanto isso nos afeta. Quantos gay não tem ou tiveram depressão em algum momento da vida? Quantos não comentem suicídio? Eu falo gays, mas quero dizer a população LGBT em geral. Fora a quantidade de LGBTs que é assassinada todos os dias no nosso país. Existem estatísticas que comprovam que o Brasil é um dos países que mais mata LGBT no mundo. Ela dizer para um país inteiro que ser LGB ou T não é normal é algo extremamente perigoso e só quem é LGBT sabe como é a experiência de sair de casa todos os dias de manhã e não saber se vai chegar em casa à noite.

    Por isso eu acho que ela tem sim que ser processada e responder pelas palavras dela. As pessoas tem que entender a diferença entre opinião e preconceito. Não gostar da uva passa no arroz é opinião, dizer que ser gay é anormal é preconceito.

    Sobre o prefixo "ISMO", ele não designa apenas doença, por isso não gera o mesmo burburinho ao redor da palavra ateISMO. Ele possui "ao menos seis possibilidades de significado: Fenômeno Linguístico, Sistema Político, Religião, Doença, Esporte, Ideologia" dentre outros. A homossexualidade era chamada de Homossexalismo quando era considerada doença, quando ela deixou de ser doença perdeu o sufixo ISMO e passou a ser homossexualiDADE.

    Sobre ser ateu e só gostar de dinheiro: a fala dela foi muito pobre. "Ou você acredita em Deus ou só se importa em dinheiro", é sério isso? Achei muito sem noção da parte dela afirmar uma coisa dessas. Eu sou ateu e não tenho o mínimo interesse em ter um carro. E quanto à religião Calvinista, que diz que quanto mais bens a pessoa tem acumulados maiores são as chances dela ir para o céu? É uma religião e eles dão muito valor a coisas materiais, coisa que muitos ateus não se preocupam nem um pouco.

    Vale citar que enquanto muitos evangélicos dizem estar sendo perseguidos são os ateus que "tem medo de se assumir". Como você disse, muitas vezes somos hostilizados ao dizermos que somos ateus como se isso definisse o nosso caráter ou automaticamente nos fizesse inimigos dos religiosos. Conheço pessoas religiosas com as quais eu me dou super bem. O problema não é a religião, é a pessoa achar que ela está certa e querer, como diz o ditado, "empurrar guela abaixo" os princípios dela.

    Vou parar esse comentário porque já virou textão Haha.
    Fica a reflexão.

    http://umanamia.blogspot.com.br/

    (só repostei porque quero acompanhar as respostas).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei se sou realmente extremista no primeiro parágrafo, a população LGBT realmente é espancada e assassinada nas ruas desse país todos os dias, infelizmente é a nossa realidade.

      Excluir
    2. - Dizer que não gosta de algo sem antes conhecer é preceito, isso se encaixaria com os cristãos, que se recusam a chegar perto de gays, mas dizem que não gostam ou odeiam... Mas você conhecer algo já não é, no caso ela conhece! Ela vive e convive no meio deles, o caso dela seria não apenas "não gostar", mas talvez fique entre rejeição, repudio ou então odiar
      - Você como gay sabe melhor do que ela o que é ser gay, normal você ficar indignado, eu como ateia sei na pele como as pessoas regem, eu vejo o que elas pensam o que eu sou, e eu sei o que eu sou, eu sei que são coisas diferentes (filosofia e orientação sexual), mas eu entendo sua indignação
      - Isso o que você disse foi levando por muita gente, e não deixa de ter ração, mas enquanto ela não usar palavras agressivas diretamente ela vai continuar no direito dela de dar a opinião dela... Por mais que isso seja mais um julgamento... Acontece que isso está dentro da liberdade de expressão
      - O único jeito de rebater gente desse tipo é com informação, BUT elas não querem absorver, para eles a verdade é outra, eles falarem ou não o que pensam não vai mudar a realidade, eles abrirem a boca ou não... Na verdade se abre você sabe quem é quem (já pensou continuar amando uma pessoa que no fundo era homofóbica?)
      - Sim, pessoa influentes fazem muita merda com algumas palavras, se alguém famoso confirma alguma opinião as pessoas levam isso a serio, e isso é meio perigoso, ainda mais quando se fala de coisas que podem levar a agressividade... Mas ai a questão da liberdade de expressão entra em choque com a tentativa de para isso, pois de um lado você tem a liberdade das pessoas e de outro você tem isso... Mas o fundo a liberdade ganha... Nisso vem o ultimo...
      - Veja a parte boa, olha a discussão que isso deu, olha quanta gente saiu das sombras para falar, olha quanta gente defendeu seus lados, discussão é bom, censurar não... Censurar para que!? Para um pedido de desculpas falso? Não, deixa a cadela falar, deixa esse pessoal falar, e vamos conversar, é assim que a sociedade progride... Demora... Mas vai acontecer... É só ler os debates dos comentários!

      Uma dica: Nessas situações você precisa tirar o coração para falar, doí e doí muito encarar esse tipo de gente, mas acontece, o melhor para você é não deixar isso te machucar, ver essas pessoas do modo mais frio que você pode, apenas analisar a situação e não levar para dentro de si... Apenas absorver como experiência, e não comum uma agressão, ninguém vai te agredir se você não deixar, mas se tentarem, entre no modo "se me atacar, eu vou atacar", você sabe aquele ditado!

      Excluir
  4. Os Backings aparecem mais do que a voz dela nessa apresentação da Katy :s tem voz nesse autotune, pqp.

    ResponderExcluir
  5. Além de que tiveram que mudar todo o tom da musica pra mulher conseguir cantar, porque esse povo faz isso jesus?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É playback, mas nem no playback ela canta, tem autotune, tem os backing vocals, e como você notou, mudaram o tom da musica para a voz dela conseguir alcançar... Essa musica não é a mais difícil... o problema é ela...

      Excluir
  6. bom...ela não conhece todos os ateus do mundo pra generalizar tanto e eu acredito que a pessoa nasce homossexual e sempre que vejo comentários assim me pergunto se e possível controlar o que esta no coração e viver uma mentira sô pra não sofrer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem duas escolher, fingir o que não é, ou se afirmar o que é e sofrer preconceito... são duas prisões, é muito triste...

      Excluir

✵ Sou a favor da liberdade de expressão então se expresse como você quiser ✵

❤ Você pode discordar de mim, pode defender sua ideia, mesmo sendo contraria a minha, mas entenda que é meu blog, e eu vou defender minha ideia até o fim. Eu apenas vou recuar caso tenha percebido algum erro ou equivoco meu. Então essa é sua chance, seja claro e aberto. Todos são bem vindo... Menos pessoas sem emocional para lidar com opiniões diferentes e descem a xingamentos e ameaças ❤

☞ Mas evite ser desnecessariamente rude, pois eu respondo os comentários com o mesmo peso da sua, respeito é sempre bom, você pode discordar de mim, eu não sou dona da razão, mas você também não é. Lembre-se, o blog é meu ☜

♛ Evite por spans, se for para vir comentar que seja porque você tem interesse na postagem e não por auto-divulgação ♛

( ͡° ͜ʖ ͡°) Comentários sexualmente explícitos e vulgares são excluídos ʕ・ิɷ・ิʔ

✎ Existe uma opção de receber respostas pelo e-mail evitando ficar visitando meu blog para ver se obteve resposta (e evitar gerar números falsos), o nome é “notifique-me”, as respostas irão para o seu e-mail (para desabilitar ficar recebendo respostas, a opção está no e-mail)

⚛ Isso é um blog de opinião pessoal. Não é "site de noticia", não é propriedade de ong ou empresa comercial, logo não precisa ser imparcial ou seguir alguma regra de alguma empresa ou pessoa privada alheira. Eu sou apenas uma pessoa aleatória, sem importância social, que escreve nas horas vagas ⚛

"EU DISCORDO DO QUE VOCÊ DIZ, MAS DEFENDEREI ATÉ A MORTE O SEU DIREITO DE DIZÊ-LO" - Voltaire

Mais regras aqui

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...