sábado, 17 de setembro de 2016

Quem realmente quer um animal não compra, e sim adota

Tudo começou quando a vizinha adotou um vira-lata pequeno, o bicho era que nem qualquer cachorro pequeno, chato, submisso, barulhento, sai correndo e ninguém vê, até que alguém pisa e sai aquele barulho que parece carro freando... Okey, só que... O cachorro era... Pequeno... E isso era o “grande” diferencial... As crianças da rua ficaram encantadas... Com o tamanho do animal... E começaram a ficar doente para ter um cópia daquele "brinquedo", e foi ai que começou a virose de cachorro pequeno...
Sair para fora só um pouco e você se depara com uma quantidade enorme de vira-latas lá fora, cachorros que cresceram na rua á cachorros que foram adotados e depois rejeitados, na minha rua por exemplo, a havia quantidade enorme, mas foram morrendo de formas "misteriosas" (nem preciso explicar que alguém envenenou ou então a cruel fome), e então...Temos crianças doentes por animais... Adotar? Oh... Não...
Pais não tem paciência com filhos pidões, você tem que agachar na altura da criança, explicar porque não pode dar aquilo, ter que se submeter a horas de birra, até que a criança perca energia física e então comece a pensar e perceber que não pode ter aquilo. É mais fácil dar, ou dar algo parecido, ou melhor, prometer que vai dar, e frustrar a criança...


Mas... Elas querem um cachorro... Cachorro é uma vida, sentem dor, tem fome, tem necessidades emocionais, defecam em lugares inapropriados e até destroem coisas por diversão... Até se parecem com humanos, não acha? ... Mas... Na visão de uma criança egoísta e mimada, é apenas mais um brinquedo, a criança não vê o animal em si, como um amigo, uma criatura para passar bom tempo adquirindo responsabilidade... a criança, nesse caso, vê o tamanho... É pequeno, é diferente, só essa menina tem, é exclusivo, é bonitinho... Está na moda...

Foi assim que apareceu esses bichos por aqui...

Eu prefiro cachorro natural, fico imaginando como a evolução fez aquilo? Um bicho completamente inútil e indefeso... Um erro? Oh não, aquilo foi feito em mãos humanas, eles pegam cachorros ou levam para laboratórios ou ficam cruzando animais pequenos para conseguir menores ainda... PARA QUE? Ah, brinquedo novo! Sempre vejo isso em temporadas, alguém vai lá e compra um cachorro diferente, as crianças estupidas veem e ficam doentes, os pais acreditam no mito do verme, ou se forçam a acreditar, e começa a aparecer copias dessa mesma raça por ai... E então nas ruas, da forma menos digna do mundo... 

Eu sou cínica, estou criticando aqui. Mas só dou restos de comida para os abandonados, nunca fiz grande coisa além disso (gatos são outra história), eu critico porque isso é um problema, criado por outros... e não por mim. Até porque esses humanos não vão limpar essa sujeira...

O problema que isso veio acontecer... Mais perto de mim...
Eu nunca comprei um animal on my life, eu apenas ganhei da mãe natureza, eu apenas tive um animal de raça (eu acho que era de raça), que foi dado a mim, porque o homem dono da mãe e da linhada não queria vender. Eu tive muitos gatos, e eles literalmente apareceram... Mas... Alguém veio em época diferente, aonde as crianças tem tendências a se comportarem como adolescentes e logo a seguirem modas... Por meses ela insistia por um pequeno... Não um cachorro, mas sim em um pequeno, como dos vizinhos... A casa cheia de gato, a rua cheia de cachorro vagabundo, que comem aqui... E ela quer um pequeno... De raça... E pequeno... Ah, eu disse que tem que ser pequeno?
E apareceu... O pequeno... Ela não sabia nada sobre a raça, não sabia se eles tinham algum problema, ou necessidade... Mas ele é pequeno...

Ela tentou convencer a mãe... eu tinha resgatado um gatinho que jogaram na minha rua, ela cuidou dele, deu banho, tratou como um bebe, para provar que poderia ter um cachorro... E então teve... Agora o gato está lá jogado em um canto olhando ela admirando o tamanho do cachorro... É pequeno, gente...
...
Eles compraram uma vida...
Eu não consigo engolir essa ideia, eu sou bem capitalista, amo dinheiro, mas não consigo respirar a ideia que vidas tem preço, e que uma vale mais que a outra, que vira-latas podem morrer de fome, eles não valem nada, mas só porque manteram características de uma raça, essa já vale alguma coisa... Porque é bonito... O que é bonito? A cor do pelo, o tamanho, o jeito que corre, o nome que deram a raça?
É quatro da manhã, eu estou puta de raiva com aquele animal pequeno chorando no quarto, ela está me pedindo ajuda, eu apenas digo, o pequeno problema é seu... Acho que ela finalmente está percebendo que tem muita coisa além da beleza...
Algumas raças por causa da adaptação correm melhor, caçam melhor, são mais inteligentes, quando alguém me diz que adquiriu um animal por sua proteção eu entendo, porém quando alguém diz que é pela aparência eu amargo...
Se você quer um amigo, você não vai ficar reparando de que raça ele é, mas sim a companhia que vai lhe dar, e cachorros normalmente tem personalidades bem parecidas, a maioria é feliz e submisso, qual a diferença entre um rottweiler e um buldogue? Os dois vão ficar felizes em passar uns minutos com você, vão andar muito bem ao seu lado durante as tardes, vão aprender coisas com você, vão ver o mundo aos seus olhos... Tem aquelas diferenças mínimas, por exemplo, um ladrão pensaria mais vezes antes de entrar na sua casa se tiver um gigante preto lá dentro (bem, talvez pela baba do buldogue pela casa toda ele não queira entrar, porque é muito nojento), mas ambos dariam a vida para te proteger, porque é isso que o instinto deles dizem para fazer
Todo mundo que quer um cachorro, vai atrás de cachorro, não de canguru, macaco, ou gato ou sua mãe... É cachorro, talvez o tamanho importe por causa do local que você viva ou se precisa de proteção... Mas a coisa é o bicho, é o amigo que nunca fica limpo... Quem quer marca, vai em shopping comprar roupa, vai lá na sessão dos frescurentos e leva...
Acho tão lindo aqueles vídeos de crianças que querem um cachorro e choram de emoção quando ganham algum vira-lata resgatado, esse sim queria um amigo pulguento com cheiro de bunda... Não aquelas meninas chatas chorando por causa do preço do cachorro... Quer comprar uma vida e ainda quer dar preço...
Uma raça não é melhor do que a outra em questão de amizade, e nunca vai ser...
Eles fedem igual
Daí leva para casa e vê que não é só beleza e se frustra... Como se tivesse razão para se frustar, como se o bicho tivesse que seguir as expectativas, seguir padrões, combinar com a casa... Você não combina com esse planeta, não exija outro ser a fazer!
Achar uma raça bonita não é problema, pegar um animal por isso não é, você pode rodar a cidade, vai acha alguém querendo doar bichinhos como o que você quer, se você realmente que, você vai fazer

Eu amo Husky Siberiano, cachorro grande, habilidoso, inteligente, bonito (o cara que eu amo, o anjo, parece um cachorro desse... ... Porque eu fui lembrar desse cara chato? )... Aquilo deve comer que nem caminhoneiro e defecar que nem cavalo... Mas eu não vou atrás, deixa lá nos lugares frios aonde eles pertencem , para quer ter o bichinho e sofrer de calor? 




Comprar animais sem pesquisar de onde vem, gastar uma fortuna só por causa da beleza... Você sabia o que eles fazem com eles?
(Vejam esse vídeo)



Quando eu vejo isso da vontade de virar do avesso... Um dia com certeza eu vou, vou fazer que nem o planeta Venus, vou virar do avesso sim! Porque não está dando para aguenta essas babaquices

8 comentários:

  1. nossa...todos os gatos e cachorros que tive na minha vida apareceram la em casa magrelos,machucados e pulguentos e eu os amava do mesmo jeito...que triste alguem querer um bicho só pelá raça ou por ser pequeno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E de pensar que antes de você adotar, eles foram rejeitados... isso faz essa ideia de comprar tornar se cada vez mais absurda :/
      parabéns por abrir uma porta para seus pulguentos ♥

      Excluir
  2. Ah Cecy...

    Daqueles 7 gatos que abandonaram aqui 3 morreram, agora tenho 9 gatos.
    Todos os meus bichos foram resgatados de rua, amo todos eles igualmente.

    Queria dizer que nos abrigos de animais ou nas ruas você encontra cachorros enormes já adultos que servem muito bem para guardar a casa, muitos são rottweilers, pitbulls e pastores alemães que foram abandonados, não precisa comprar!
    Gatos adultos também são igualmente adoráveis e carinhosos, eles estão nos abrigos e nas ruas necessitando de um dono responsável!
    Estou falando isso porque existe um mito sobre adoção que diz que: se você adotar o bicho adulto e ele não vai te amar, tem que ser filhote!
    É MENTIRA!
    A gratidão pode ser vista nos olhos do bicho que estava sujo, doente, cheio de parasitas e morrendo de fome e sede na rua, quando você resgata um bicho de rua você vira um deus para esse bicho!
    No canal Animal Planet tem um reality "pitbulls e condenados" que aborda o abandono e o descaso da sociedade com esses lindos animais.
    Já adotei bichos adultos e filhotes -cachorro e gato- , incrivelmente os adultos dão menos trabalho que filhotes, mas o amor é o mesmo.

    E no momento, não sei como conseguirei levar 9 gatos no porta-malas do carro quando eu me mudar para outro estado, isso sem cometer uma infração de trânsito, vou dar um jeito!
    Estou cogitando mandar o serralheiro fazer uma gaiola do tamanho do porta-malas para transportar todos juntos -não cabem 9 caixas de gato lá-, mas não sei se isso é permitido por lei, tu sabe dizer?
    Com certeza nenhum filho peludo ficará para trás!
    Já mandei o Príncipe colocar o bagageiro, as coisas vão em cima, nossos bichos vão conosco, pois meu marido e eu somos pais zelosos.


    Beijos :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Animais são inteligentes e reconhecem que foram adotados, para eles, isso é ser aceito em um bando, um irmandade, nesse mesmo é por isso que animais sofrem tanto quando são rejeitados, jogados fora, porque eles também sabem quando não foram bem vindo e jogados... Tem gente que ignora isso, dá esperança para o animal, bota dentro de casa, faz ele se sentir parte do território, e então o joga por não suprir expectativas egoístas humanas... O animal entra em depressão, vira anti-social ou fica agressivo, porque ela sabe, ele sente... Do mesmo modo quando ganha um novo bando, ganha amor do líder, ele entende que estão cuidando dele, alimentando, aceitando, e nunca irão esquecer o passado... Creio eu que todo mundo desconfia disso, mas prefere ignorar e se apegar ao egoismo

      Quando eu me mudei foi maior estresse, meus gatos não entenderam de primeira que mudamos de território e quiseram voltar, problema é que estávamos em uma nova cidade, tive que trancar eles, permitir que mijassem em casa para marcar seus cheiros, mesmo assim foram meses de adaptação...
      Você tem que tomar cuidado, porque gatos são os mais difíceis de entender que o território mudou, vão achar que estão passeando e querer voltar, você tem que usar vários métodos para fazer com que eles entenda, se não eles vão voltar (dai siu o mito que gato prefere a casa, porque eles voltam, mas isso é questão territorial), um dos outros modo é ficar trancados com eles, para eles te ver lá, e perceber que você vai ficar lá, se sair, vão achar que você voltou e os deixou a sorte para voltar

      E ficar trancado por horas dentro de um lugar pequeno é bem estressante
      Conversa com eles, mesmo que seja sons, deixa eles saber na viagem que você esta calma, isso ira acalma-los, carro balança e isso é assustador para eles, quando chegar se esfrega em todos os panos da casa, deixa eles trancados lá e se acostumarem com os novos cheiros e então perceber que esse é o novo lugar
      Sobre transporte, eu sempre levei meus bichos no colo, um de cada vez, mas como é um viajem longa talvez você até precise de calmantes, e mandar fazer uma caixinha foi uma boa ideia... cuidado com as brigas lá dentro

      Excluir
  3. Eu já perdi a conta de quantos animais eu resgatei/cuidei aqui em casa só pra minha mãe jogar de volta na rua enquanto eu estava na escola. É muito triste ver a imensa quantidade de animais que tem aqui na minha rua e não poder fazer nada pra ajudar.
    É engraçado porque apesar da minha mãe sempre comprar/arrumar cachorros de raça de graça, ela sempre acaba dando um jeito de sumir com eles. O mais recente caso foi de um maltês que ela ganhou mas que jogou fora assim que descobriu que ele não tinha um olho. Agora ela pegou um yorkishire de 4ª mão que simplesmente me odeia e já está começando a apresentar problemas de depressão que provavelmente também não vai durar muito por aqui.
    Eu ainda me lembro de quando eu tinha meus 10/12 anos e tinha um pinscher com sérios problemas mentais. Eu consegui ficar com ele até que o médico teve que sacrificá-lo e foi uma das experiências mais difíceis de toda a minha vida ter que ver ele ir. Desde então eu parei de comer carne e contraí um medo incrível de ter um cachorro. Já "tive" alguns gatos nesse meio tempo (todos abandonados enquanto eu estava na escola, como sempre), mas nunca mais consegui me sentir confortável perto de um cachorro novamente. Mesmo que eu sinta simpatia por eles eu simplesmente não consigo evitar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que historia triste :/
      Tem pais que é assim mesmo, que mesmo você mostrando que pode cuidar dos animais, dando restos de comida e até conseguindo ajuda, eles descartam os animais, por terem um vi~soa fechada e não ver os sentimentos dos bichos...
      O melhor era você ou fundar um ong ou se juntar a uma para tentar da um jeitinho, mas já vou dizendo que seria muito dificil, sua mãe com certeza iria boicotar, mas seria recompensador
      Desculpa dizer, mas pessoas como sua mãe ajudam a manter números de bichinhos desabrigados, vai saber aonde ela jogou os bichinhos?

      Excluir
  4. Aqui onde eu moro umas pessoas são extremamente ignorantes e fúteis, se dizem """animal lovers""" mas só se for bonitinho, fofinho, pequeno e CLARO, "de raça"! Os da rua "são feios, nojentos e transmitem doença" (mas os deles ja são velhos, nem são castrados, obesos e cheio de problemas tipo mau halito infernal, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk amam animais mesmo). Sem contar que amam tanto os animais mas só compram produtos testados neles tipo avon, pantene e mary kay etc. Eu nunca gostei de cachorro, acho eles fedidos, chatos, chorões, me lembram uma criança mimada e birrenta. E não existe só cachorro ou gato no mundo. Mas não gosto deles a ponto de querer maltratar, eu só não gosto mesmo. Os animais de rua ou "sem raça" ou até aqueles que a maioria não considera "pet" tem o mesmo valor que o fofinho bonitinho feito em laboratório mas esperar alguma coisa boa de pessoas ignorantes que acham que animal é brinquedinho substituível é dificil, já tentei conscientizar sobre adotar e parar de comprar essas porcarias testadas em animais mas o meu esforço foi todo em vão >:(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. animal lovers? heheheh, preferem gastar uns 500 reais por mês em um cachorro de marca que fica doente com qualquer coisa do que gastar 20 reais em ração para os bichos de rua, só para ter um acessório no quintal, para ter o que mostrar quando as visitas chegar e dizer que custou 1200 reais... Pois é, o que esperar dessas pessoas?

      Excluir

✵ Sou a favor da liberdade de expressão então se expresse como você quiser ✵

❤ Você pode discordar de mim, pode defender sua ideia, mesmo sendo contraria a minha, mas entenda que é meu blog, e eu vou defender minha ideia até o fim. Eu apenas vou recuar caso tenha percebido algum erro ou equivoco meu. Então essa é sua chance, seja claro e aberto. Todos são bem vindo... Menos pessoas sem emocional para lidar com opiniões diferentes e descem a xingamentos e ameaças ❤

☞ Mas evite ser desnecessariamente rude, pois eu respondo os comentários com o mesmo peso da sua, respeito é sempre bom, você pode discordar de mim, eu não sou dona da razão, mas você também não é. Lembre-se, o blog é meu ☜

♛ Evite por spans, se for para vir comentar que seja porque você tem interesse na postagem e não por auto-divulgação ♛

( ͡° ͜ʖ ͡°) Comentários sexualmente explícitos e vulgares são excluídos ʕ・ิɷ・ิʔ

✎ Existe uma opção de receber respostas pelo e-mail evitando ficar visitando meu blog para ver se obteve resposta (e evitar gerar números falsos), o nome é “notifique-me”, as respostas irão para o seu e-mail (para desabilitar ficar recebendo respostas, a opção está no e-mail)

⚛ Isso é um blog de opinião pessoal. Não é "site de noticia", não é propriedade de ong ou empresa comercial, logo não precisa ser imparcial ou seguir alguma regra de alguma empresa ou pessoa privada alheira. Eu sou apenas uma pessoa aleatória, sem importância social, que escreve nas horas vagas ⚛

"EU DISCORDO DO QUE VOCÊ DIZ, MAS DEFENDEREI ATÉ A MORTE O SEU DIREITO DE DIZÊ-LO" - Voltaire

Mais regras aqui

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...