sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

A lógica das propagandas


 (desculpem o sumisso, eu estava mal, ainda estou, mas preciso trabalhar)
A corrida para vender mais rápido, ou vender mais... A construção da imagem da mulher perfeita e então tentar vender produtos que levariam até essa perfeição... O modo que eles fazem, parece um tanto falho, ou eu não sou o público alvo

Todo mundo é bombardeado por dia por milhares de propagandas, na TV, internet e nas ruas
Os publicitários vivem de encontrar uma forma que convença o maior número de pessoas a comprar um produto, e da forma mais criativa... Hoje em dia, na era da mídia, todas as ideias foram exploradas, por isso muita coisa parece que você já viu muitas vezes... Tanto que parece existir modelos de propaganda, como uma formula a ser seguida, parece que até o nome de marcas são parecidos... que aos meus olhos parece ineficaz


Olha isso:



Somos o melhor produto: Todo mundo diz isso, até compram jornalistas para fazerem matérias que afirme isso, comparando seus produtos com outros “produtos anônimos” (eles criam um produto fantasma, o nomeia de “outra marca”, na qual é inferior a sua), e dizendo que a fórmula simples da marca fantasma é pequena e inferior comparada a sua inovadora formula, algumas comparações são tão forçadas (comprar um creme de tratamento com um sebo qualquer), mas qualquer coisa pra fixar em sua mente que quando for comprar, escolha o “melhor”
Qualquer um pode afirmar que si mesmo é o melhor dali, da forma que quiser, mesmo que seja totalmente desonesta e mentirosa... Acontece que por justamente todo mundo sai por ai dizendo que é assim, soa como pretensioso, e a primeira coisa que me vem á cabeça quando alguém diz isso, é duvidar, pois é muito fácil dizer isso, e soa como uma baita falta de esforço, ou sem nada melhor a dizer
(até eu posso fazer isso, hehehe)

Usando alguma foto de algum fotografo random: Existem sites que vendem fotos e suas licenças para uso comercial, isto é, usar como se fosse sua para vender, até aí tudo bem, usar a foto de uma moça feliz, como uma ilustração para um sentimento que querem passar, é okey
O problema é que quem mais faz isso são marcas de cosméticos, que usam fotos de pessoas QUE NÃO ESTÃO USANDO SEUS PRODUTOS como ilustração de seus produtos, eles no máximo mudam a cor, mas basicamente aquele resultado não é deles, estão falsificando...


Hoje em dia é algo normal, pois não é fácil sair por aí e tirar a foto de cada batom na modelo, mas mesmo assim para mim é errado, aquela textura, aquela cor, aquele acabando não é real, a foto da amostra conta muito, é através dele que nos interessamos e vamos querer comprar, é aquilo que queremos, e quantas vezes você já não se sentiu frustrada ao ver que o cosmético não faz aquilo?
Cremes hidratantes ou de tratamento é outra coisa, eles pegam a foto de uma modelo que nunca comeu gordura na vida, editam no Photoshop para criar cicatrizes e então comparam dizendo que o creme vai fazer aquele efeito... que não é real! Obviamente é mentir! Te vender um resultado que não existe, te pescando através de uma foto editada... Isso só é visto como crime quando um monte de gente vai reclamar sobre não ter tido “aquele” resultado... Mas eu acredito que isso nem deveria ser algo aceito para acontecer de início, pois te chama atenção por algo que não aconteceu e que pode não acontecer... Eu sei que eles colocam “imagens meramente ilustrativas”, mas eles sabem que vamos olhar a imagem e fazer uma referência direta ao produto, porque está lá, não tem desculpa
 a mesma foto, no mesmo dia... uh, tão rápido...

mesmo dia, mas na primeira forçando, e na segundo em uma posição que deixa mais leve qualquer bunda... Eu consegui os mesmos resultados, apenas fazendo essas poses... Precisa do produto? 



A imagem da embalagem é a garota do Instagram: Na mesma vibe do item de cima, porém aquilo 
existe, mas não é o mesmo que está dentro da embalagem... Eles ou fazem um produto melhor, o melhor que fica apenas na foto, ou editam para parecer mais atraente, você acaba comprando o produto por causa do “meramente ilustrativo”... Isso acontece muito com alimentos, que sempre são tão apetitosos na embalagem, com chocolate escorrendo, ou explodindo de tanto conteúdo, mas quando você abre para consumir.... parece uma pedra de deserto com um pouco de lama espelhado

(eu odeio isso com tanta força, odeio isso mais que eu odeio xixi de gato em roupa nova)


Bunda para homens: Tem logica direta, homens olham tudo o que tem bunda feminina, porém esquecem do produto, mas mesmo assim chama atenção... Tudo que vendem para homens tem alguma coisa sensual, e quase tudo tem uma mulher pelada, uma grande bunda, porque seios não pode... O homem vai olhar, e talvez assim se interessar pelo produto... Mas as vezes é algo tão nada haver, como uma mulher nua em uma caixa de sapato... Então os caras olham a mulher primeiro e o sapato depois?
(Vai pilotar o carro ou a mulher... Ah, esse tipo de salto alto é pedir para perder os pés, uh que dor... E mal gosto... ... ... Se você não viu o sapato... Precisa de ajuda)

Famoso vendem qualquer coisa: Usar os próprios fãs por menos de 10% em contratos milionários, muitos desses artistas fazem nem noção do que estão vendendo em seus nomes, apenas vão assinando contratos e viram fabricas de linhas de roupas, joias, perfumes e até comida, tem casos que a celebridade nem se quer chegou a usar o produto... Pode isso? Tiram a foto em um estúdio e em outro colam por cima da embalagem, mas o grande fulano nunca na vida vai respirar perto do produto
A ideia pura em si é boa e sem maldade, a celebridade só deveriam te convidar a experimentar o tal produto, ela usa a fama como chamariz para fazer com que as pessoas olhem para o produto e busquem conhecer... Mas acontece muito de celebridades induzirem diretamente a compra de produtos, como se para ser fã você precisa mesmo gastar dinheiro com tudo que tenha o nome do artista...
Outra é que eles aumentam em 200% qualquer coisa com uma celebridade estampada, qualquer latão de 20 reais, passa a ser mais de 200 só por ter a foto de um tal artista no outdoor
... Vocês sabem que muitos deles fazem isso porque a pirataria anda quebrando gravadoras e artistas, e então eles precisam se enriquecer até apodrecer de outra forma, né? (porque artistas se sentem obrigados a ostentar...)
(se você ficar excitado com isso... você precisa se internar urgentemente e decapitar o próprio órgão genital)

Pessoas felizes vendem qualquer coisa: Sem criatividade? Entre naqueles sites de comprar imagens e compre qualquer pessoa bonita sorrindo e pronto
Agora é só escrever o logo da empresa e que é “a melhor” e você tem a sua propaganda
Crianças sorrindo com algum cachorro é golpe baixo, funciona com qualquer pessoa, pois isso busca a simpatia que todo mundo tem por pessoas bonitas e sorridentes, você acaba fazendo uma referência da felicidade naquela imagem com a marca... Grande isca!

Clientes felizes falsos: Você duvida que esse seja o melhor, então leia esses comentários fictícios de pessoas que talvez nem existam e tire suas dúvidas.... Basicamente um monte de empresas estampam em suas primeiras páginas comentários selecionados super felizes de pessoas que você nunca vai ver... Isso é mentir ou manipular dados, pois nunca mostram comentários de críticas, mesmo que sejam construtivas, opiniões em tempo real, ou negativas.... Aquilo não é bem a realidade
Quer visitar meu site agora? ... Oh... Você já esta aqui...)

Versão com pessoa atraente:
Quem precisa de faculdade quando tem falta de ética? Uh?

Uma musiquinha idiota: Não aprovo isso por ser irritante... Musica é usada até mesmo como arma de tortura, agora imagine ficar 3 dias seguidos com o toque de uma propagada de sabote liquido para calcinhas? Aí vão na tática de tocar a música diversas vezes no mesmo intervalo, por vários dias até completar meses, até que aquilo nunca mais saia do seu inconsciente...
(tira isso da minha cabeça por favor!!)

Propaganda de remédios: Você está infeliz? Que tal tomar remédios? As pessoas são ignorantes em muitas coisas, ainda mais quando a informação de fácil acesso apenas mostra um lado... Todo mundo pensa em usar remédios quando qualquer problema aparece, todo mundo tem remédios para dor de cabeça, insônia ou calmantes, e usam como se aquilo fosse chá... Ora essa, se celebridades dizem para você comprar e usar, que aquilo é a solução, porque não?
Muita gente nem realmente está doente, mas acaba ficando por causa de automedicação, a culpa não é da propaganda, mas não dá para anular a influência indireta das propagandas, o como eles fazem parecer que aquela é a melhor solução, ou a única
Não é normal tomar remédio para gripe todo dia, nem para dor de cabeça, nem para se acalmar, muito menos para dormir, são coisas que seu corpo deveria fazer, sozinho, e não por menos de 5 reais, na parte da frende de alguma farmácia, isso não é normal
É horrível usar celebridades para isso, serio, é antiético...
Kim fazendo propaganda de remédio...

A melhor forma de emagrecer comendo: Na mesma vibe do de cima, desde comprimidos a vitaminas, você paga uma fortuna para emagrecer comendo, colocando quimicas em seu corpo, para ficar parecido com a modelo na propaganda... Hey, o que dizer dessa modelo, que nunca comeu gordura na vida, que a anos malha em academias fechadas com algum profissional que estudou para isso, que não passa estresse, que gasta milhares em dermatologistas e em plásticas, está lotada de maquiagem e editada... e principalmente, nunca tomou essas químicas... Olha a isca
A mulher sempre foi bonita, sempre trabalhou com o corpo, sempre Sabrina foi referencia a corpo bonito... Não, é um shake lançado anos depois...


Será que vale tudo para vender
...

Acho que é melhor nós começarmos a educar nós mesmos para evitar virar isca de grandes empresas, antes que... sejamos fisgados, não é mesmo?


14 comentários:

  1. Eles vendem produto pra gente insegura (como meu por exemplo, eles fazem realmente com que acreditemos que as coisas que eles inventam poderão mudar nossas vidas.
    E de quebra ainda insultam a inteligência de qualquer, fazendo comparativos completamente ridículos como os dos shakes de emagrecimento.

    AHAHAHAHAHA, ainda bem que tive uma infância pobre (e continuo sendo) e não pude (e tamanho não me lembro de ter almejado) ter uma sandália dessas.


    Ótimo post Cecy!


    (Ps. Sou eu a senhora psicótica, mudei o pseudônimo e criei outro blog)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Matilda heheh, me explique o porque seu alterego tem esse nome?

      Ser pobre ajuda a não falir com tanta influencia em consumir coisas para se sentir melhor, a gente ao menos não arrisca tentar

      Excluir
  2. Cara eu não sei se você chegou a ver, mas uma mulher processou uma marca famosa. Porque a pizza que ela comprou era totalmente diferente do que tinha dentro da caixa hahahahahahahahahahahahahahahahhahahahahaha, não me lembro se ela ganhou...
    Sei que é tudo mentira -.-
    Um ou outro cumpre meramente o que fala.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já vi vários casos desses, e a maior parte das vezes a pessoa ganha outro produto de graça, meio que um acordo e "esquece do assunto"... deveriam levar a serio, porque comprar uma coisa e receber outra é lesar o consumidor, não tem conversa, as pessoas deveriam levar isso mais a serio e aprender a meter processo em quem engana mesmo... Dar dinheiro para advogado hehhe (deixa eu me formar, eu apoio isso)

      Excluir
  3. Propaganda é uma ofensa a inteligência das pessoas, em sua maioria.

    Vi na praia de madrugada nas férias uma propaganda que primeiro me deu medo mas depois dei muita risada. É de 1976 e ainda passam na TV local.
    https://www.youtube.com/watch?v=eTBR4c0hHZA

    ResponderExcluir
  4. Eu não sei como você prestou atenção naquele salto, eu estava muito mais preocupada com o formato da perna daquela moça. Não sei se é Photoshop mal feito ou o ângulo, mas que doeu em mim, doeu.

    Isso me lembra de uma matéria chamada teoria das cores, em que eles estudam como usar as cores para influenciar o comportamento humano. É interessante ver como isso reflete bem na propaganda, com amarelos e vermelhos predominando em anúncios de comida, azuis em produtos que precisam passar credibilidade (companhias bancárias, medicamentos. O comercial da Asepxia é um bom exemplo disso) e assim vai... Tudo na propaganda é como uma armadilha de urso esperando para fechar ao redor da sua carteira, e eles não poupam esforços. Algo interessante a respeito disso é a paródia que o Adult Swim fez de propagandas de remédios para alergias, Unedited footage of a bear (mas tudo o que o Adult Swim faz é maravilhoso, pra falar a verdade). É interessante como eles retratam uma mãe estressada, depressiva e à beira da insanidade como a moça propaganda do medicamento, achando que tal remédio havia salvado sua vida e família ao ponto de se viciar nele (embora essa seja só a minha interpretação), e é assustador ver que isso muitas vezes reflete a realidade, em que nós muitas vezes somos convencidos que precisamos de um produto para sermos felizes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As pessoas deveriam tentar não se envolver emocionalmente com um produto, porta para o vicio, algo muito perigoso... Mas oh, eles usam armadilhas psicológicas, como não cair?

      Excluir
  5. Por isso que sempre que eu quero alguma coisa eu olho reviews do amazon ou algum site do tipo porque o risco de ter alguem ali que a empresa mandou o item de presente ou pagou a pessoa pra fazer aqueles videos de unboxing é pequeno, ja vi empresa de produto tipo display interativo/tablet digital em geral que manda produto de 5 mil reais ou mais pra famosinho de youtube "testar" e falar bem (me disseram que pra gente com muitos "fãs" as empresas mandam sem nem precisar pedir), alguns colocam que é a "opinião honesta" ou os prós e contras no final mas na maioria das vezes n me convence muito não, até porque a empresa vai mesmo te mandar produto caríssimo que quase ninguem tem condição de comprar pra correr o risco de perder venda pra concorrente pq voce vai falar o que é ruim nele né????

    E essas marcas de cosmeticos photoshopando as cores e os resultados só consigo sentir nojo (tinha um tempo que tinha um xampu da seda que dizia que dava brilho pro cabelo e dentro tinha tipo uns glitter colorido que logicamente saía tudo lavando e na embalagem uma modelo com o cabelo num resultado quase impossível sem photoshop/luz/ângulos pra mostrar que brilhava, foi em 2007 mas não conseguiram me enganar não) ou pior ainda, se aproveitando da modinha do veganismo ou gente que só é contra testes em animais mesmo pra vender cosmético "cruelty free" deixando de colocar os ingredientes de verdade no rótulo ou omitindo fatos (lime crime é um exemplo) e que de cruelty free não tem nada!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fan boy de marca é que se mais tem no meio eletrônico, a marca fode com a pessoa, mas mesmo assim eles protegem, como se fosse um deus, isso é ruim, alem de se auto boicotar endeusando algo que não tem sentimentos, atrasam a empresa com essa proteção enorme... Muita gente diz que é bom por amor a marca, mas nunca se permitiram a realmente experimentar outras coisas para então ter um opinião real..

      Já falei sobre o Lime Crime, que atualmente apagou esse passado e continua a vender... Não compre nada de marcas de vlogueiras, elas fazem "reembalagem", pegam produtos da china (aonde é obrigatório os testes em animais) e colocam seus nomes, como se fossem novos, e dizendo justamente isso, que é livre de testes... Hoje em dia não tem disso, tudo já derramou ou sangue de animal, ou de trabalho escravo, é só uma iluzão para vender...

      Excluir
  6. Oi Cecy!

    Eu tive uma sandália cor-de-rosa da Xuxa (meu avô comprou), aquela desgraça cortava meus calcanhares, eu não aguentava a dor e voltava pra casa descalça, ostentando as sandálias na mão hahahahahahaha!
    Aliás, deveria existir uma lei que proibisse calçados de plástico, aquilo é desconfortável, estraga o esmalte das unhas dos pés, faz os pés suarem no calor e causam um mau cheiro insuportável!
    Alguém tem de parar a marca Melissa!

    Eu tenho um ponto emocional fraco: gatos!
    Cara, sou apaixonada pelas propagandas da marca whiskas!
    Aquele slogan "seja a melhor mãe do mundo pro seu filhote" descreve bem como me sinto!(Esta frase é digna da página "Qui autoestima da porra!")

    https://www.youtube.com/watch?v=h_2uCgyP6wA

    De vez em quando lançam propagandas criativas, que por serem inovadoras fazem sucesso. As que eu mais gosto são aquelas com bom humor!

    A propaganda do bom negócio "sabe de nada inocente" foi febre, (chorem feministas mimizentas):

    https://www.youtube.com/watch?v=jDF-rHKcNB4

    A última que gostei foi a do zap imóveis, parecem os meus vizinhos:

    https://www.youtube.com/watch?v=SLsF8zOjMVY


    Beijos :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ponto fraco, na verdade é porque você é o publico alvo, criadora de gatos, assim como eu, eu já chorei em um video de gatos, e tenho fama ruim por sempre correr atrás dos gatos no meio da rua para dar carinho... Então eu sei o que é se deixar gastar mais em comida para gatos mesmo não podendo só para ver uma felicidade neles, que pode ser subjetiva...

      Eu gosto e propagandas que ou são reais e diretas, mostrando o produto e então um preço real (não ocultando pra você ter que ir na loja perguntar), ou aquelas que exploram alguma emoção (mas sem apelo emocional, tipo, comerciais de margarina, margarina é veneno!)
      Mas hoje em dia está na moda é explorar ideologia, é o que vende, as marcas femininas estão se dizendo feministas, todas praticamente, uma luta falsa pela mulher, apenas para ter a propagando compartilhada, e marcas para um publico familiar estão dizendo coisas machistas e conservadoras... Nojinho

      Excluir
  7. Oi cecy,Hehehehehe oque se esta esperando pra virar publicitária?

    Bom,eu via aquelas propagandas de mochila na tv e ficava imaginando como seria foda ter uma daquela...tipo as da Barbie onde as meninas passavam nascia flor eu queria fazer flor nacser na minha escola tambem...nunca deu certo porque eu nunca tive uma mochila da Barbie😊mais a grande decrpicao acontecia mesmo naquelas propagandas de shampoos onde as mulheres usavvam chapinha,babyliss e todos os outros produtos da terra menos o da propaganda e eu besta ia lá comprava o negocio o cabelo ficava igual palha...e aquelas fotos de comida me desepcionavam muito era uma expectativa vs realidade tu abria o negocio e quase entrava em depressão isso que da a falta de auto estima
    #altoestimacadevocesuavaca?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. publicitaria hehehhe, só se for para vender bosta de cavalo, porque minha especialidade é apenas com merda

      Ah, eu nunca tive uma bolça da moda, eu sei como é, eu via as meninas com bolças de personagens na moda com rodinhas e não podia ter uma, pois meus pais não tinha dinheiro, e ficava imaginando o quão incrível era, eu também nunca tive aqueles cadernos de personagens, tipo a da Jolie, todo mundo tinha, junto com os lapis da fabercastell... E ficava querendo saber como era... Um dia uma amiga deixou eu experimentar, e foi tipo... Que? É a mesma coisa, só que "com Glitter por cima" e dez reais mais caro... E na época, ou era coisas feias, ou passar fome...

      Excluir

✵ Sou a favor da liberdade de expressão então se expresse como você quiser ✵

❤ Você pode discordar de mim, pode defender sua ideia, mesmo sendo contraria a minha, mas entenda que é meu blog, e eu vou defender minha ideia até o fim. Eu apenas vou recuar caso tenha percebido algum erro ou equivoco meu. Então essa é sua chance, seja claro e aberto. Todos são bem vindo... Menos pessoas sem emocional para lidar com opiniões diferentes e descem a xingamentos e ameaças ❤

☞ Mas evite ser desnecessariamente rude, pois eu respondo os comentários com o mesmo peso da sua, respeito é sempre bom, você pode discordar de mim, eu não sou dona da razão, mas você também não é. Lembre-se, o blog é meu ☜

♛ Evite por spans, se for para vir comentar que seja porque você tem interesse na postagem e não por auto-divulgação ♛

( ͡° ͜ʖ ͡°) Comentários sexualmente explícitos e vulgares são excluídos ʕ・ิɷ・ิʔ

✎ Existe uma opção de receber respostas pelo e-mail evitando ficar visitando meu blog para ver se obteve resposta (e evitar gerar números falsos), o nome é “notifique-me”, as respostas irão para o seu e-mail (para desabilitar ficar recebendo respostas, a opção está no e-mail)

⚛ Isso é um blog de opinião pessoal. Não é "site de noticia", não é propriedade de ong ou empresa comercial, logo não precisa ser imparcial ou seguir alguma regra de alguma empresa ou pessoa privada alheira. Eu sou apenas uma pessoa aleatória, sem importância social, que escreve nas horas vagas ⚛

"EU DISCORDO DO QUE VOCÊ DIZ, MAS DEFENDEREI ATÉ A MORTE O SEU DIREITO DE DIZÊ-LO" - Voltaire

Mais regras aqui

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...