domingo, 19 de fevereiro de 2017

Funk Ostentação: A galera humilde

O que é humildade para você?

Depende do contexto, certo? Você pode estar falando de uma característica pessoal de alguém, ou de algo (como uma casa humilde, roupa humilde...)
Bem.... Tecnicamente, de acordo com o querido Wikipedia, humilde (pessoa) é alguém que "não tenta se projetar sobre as outras pessoas, nem mostrar ser superior a elas", tem certas virtudes, como não se por acima de ninguém, ver erros e aprender com eles, e ser simpático e agir como. O antônimo de humildade é arrogância, humildade é um traço de caráter.
Aí tem a interpretação sobre coisas ou aparências, como alguém com poucos recursos financeiros (pobre)... E humilde (coisa), que são coisas de "baixo valor", como uma casa pequena... (verifiquem seus dicionários)
Bem, o que eu quero dizer today...



Mas eu sinto que o real sentido da palavra foi bagunçado, "humilde" seria "bom", e todo mundo pode se considerar humilde, e isso faz a pessoa ser mais "boa"... Quando você pergunta para alguém algo bom dela e ela não tem resposta, pode ter certeza que ela vai soltar algo como: "ah, independente de tudo, eu continuo humilde", aí eu costumo rebater: "humilde COMO?"... Eu nunca recebo uma boa resposta, é sempre algo do tipo "é... Porque... Mesmo chegando aonde eu cheguei... Eu continuei humilde... E... É isso..."

Ostentação, a falta
As pessoas que mais curtem esse tipo de música (música que ostenta riquezas) são os pobres... São pessoas que admiram riquezas materiais, e ao mesmo tempo criticam pessoas que tem riquezas materiais...  (contradição?), bem... eles condenam quando a riqueza não é deles... Hehehe, faz
sentido... deve fazer
Tem um tipo deles, que sua maioria são residentes de lugares pobres ou favelas (existem vários tipos de favelas e comunidades, a que eu estou me referindo são as carentes e com alto índice de violência), são pessoas pobres em bens materiais e que podem ser de conhecimento (sabedoria também) (ps: Não é necessário eu dizer que existem muitas pessoas inteligente e sabias em lugares pobres, é bem claro que eu estou criticando um tipo em si de pessoa, e não todos, só por estarem em algum lugar), falta também oportunidades de sair dessa realidade, então sempre que alguém sai de lá a pessoa chama atenção por ser uma minoria que "venceu na vida"... Não tem tantos casos de pessoas que saem pois o "neurônio espelho" da pessoa faz com que ela se espelhe na realidade em sua volta (e então agir sempre da mesma maneira... Violência gera violência)...
*Se ela vive em uma comunidade mais familiar (existem comunidades que uma "maioria" se dá bem, são pobres em questão de dinheiro, mas vivem como podem, tentando conviver) a realidade é simples, porém "agradável", mas em comunidades/favelas violenta (que é a que mais chama atenção) a realidade é insuportável e sem muitas opções (violência, sexo e ignorância)... Em um lugar aonde não se tem emprego, saúde, segurança e educação as pessoas ficam marginalizadas, ou seja, a margem da nossa sociedade padrão, eles sentem que não tem muitas opções para substituir essas coisas básicas (segurança, educação etc.), então você tem nessa realidade pessoas que quase viram escravas para ganhar alguns trocados, ou pessoas que se rendem ao mundo do crime... Pessoas fracas com certeza... Não vou passar a mão em ninguém, você escolhe o que faz e o tempo todo pode escolher tentar "sair" daquilo (bem... Não é fácil, reconheço), acontece que é mais fácil roubar do que tentar mudar a sua realidade aos poucos com muito trabalho... Eu realmente admiro muito pessoas que mesmo tendo tão pouco e sem muita esperança de um futuro, trabalham o máximo que podem para ao menos ter o básico sem tirar nada de ninguém, isso é a mais pura dignidade, e mais sólida humildade como base


* Favelas nascem em terrenos abandonados, são casas construídas com muito pouco, em lugares que tecnicamente não pertencem a essas pessoas. Normalmente longe do centro, e logo longe de delegacias, hospitais e trabalhos. Conforme a cidade vai crescendo a favela muda de lugar... Só escrevendo isso se caso você esqueceu dessa matéria na escola... Eles ensinam isso na escola... Lembra? Como eu citei, tecnicamente esse terreno não é deles, eles constroem em lugares abandonados, e nisso não tem saneamento básico, energia, luz na rua... Nem nada... Isso contribuem para os crimes acontecerem...

Muita ostentação
Então, já os marginalizados (veja que eu não estou falando de todos, apenas de um tipo de pessoa, sem estereótipos ou generalizações), essas pessoas que acabam caindo nas margens acabam buscando as referências erradas do que seria "bom" e de como obter... A visão deles do mundo é torta, eles se sentem injustiçados com sua realidade e uma forma de sair é sonhando com o que é de fora da sua realidade... Você é pobre? Do que precisa para ser feliz? "Riquezas materiais"? SÉRIO?
Ostentar o que não tem, e como se isso te fizesse melhor do que os outros em sua volta, eles mostram que o mais valioso é ter uma moto Harley (eu não sei o que seria isso, mas escuto falar muito... Não ligo para nome de marcas, a não ser que elas estejam relacionadas com muito conforto) e roupas de marca... E o que dizer sobre isso? Nada, uma pessoa que adquiriu pouco conhecimento não aprendeu a dar valor para as coisas, então tudo que brilha tem valor (ou o que tiver mais valor monetário).
* Estranhamente nesse meio quem procura estudar e mudar é levado como arrogante.


Daí começa aquela competição idiota de quem tem mais, eles saem por aí vestidos praticamente iguais, mas as roupas têm algum nome de marca escrito bem grande e bem destacado, a marca parece fazer parte da identidade da pessoa, as vezes a marca parece ser mais importante que a pessoa em si... E aquelas joias enormes? Muito ouro, eles querem chamar atenção, querem que as pessoas o olhem e veja algum valor neles... Mas como eles mesmos não enxergam em si, então eles compram! É claro que uma boa parte usa coisas falsificadas

A pessoa não tem muito o que comer, mas gasta 500 reais em algum tênis... Não, não é pela qualidade, mas sim para ter algo com aquela marca, sem falar no resto do kit: Celular Android ou IPhone, alguma joia com símbolo de alguma marca, aquelas roupas largas que parecem pijamas... Mas de alguma marca e aquele boné ridículo com estampa enorme de alguma marca... Enquanto isso a casa está não construída por completo e a geladeira está vazia. Uma vez eu fiquei besta quando vi uma mulher reclamando em estar passando por dificuldades financeiras e até passar fome... Dai de repente ela tira da bolsa uma iPhone do ano... Mas se você repara nisso a pessoa fica incomodada! Acreditam que por serem pobres não podem ser criticados

Eu tenho uma vida relativamente boa, financeiramente falando, e nunca tive um iPhone... É engraçado uma pessoa que tem um estilo de vida bem mais pobre que o meu ter um celular que custa mais que uma moto...
Pensando bem, se eu fizesse a mesma merda de gastar dinheiro com coisas caras, eu estaria na mesma condição, porque se for reparar, meus ganhos são os mesmo dessa galera, eu apenas não ostento, e ai tem dinheiro para as coisas básicas... Engraçado isso
Outra coisa engraçada, é que pessoas que são consideradas que vivem em bom estilo de vida, que eu conheço, que tem comida, algum carro, casa e educação... São uns puta mão de vaca (extremamente econômico), vivem se matando por promoções, fazem orçamento, cortam gastos, não compram nada em épocas difíceis, e fazem de tudo para manter o que tem, daí você vê de longe, sem essa parte do trabalho para economizar, e a pessoa parece vivendo bem, aí dizem: “olha como a casa deles é bonita, devem ser ricos”...

Nós também podemos ter
O argumento resposta dessas pessoas é algo parecido com protesto (que no fundo não é nada além de futilidade), elas dizem que "os ricos vão ter que aguentar a ver os pobres tendo o mesmo que eles"... Okey, mas isso é algo positivo? É isso que importa? É isso que querem do outro mundo? Que tipo de protesto é esse? Eu realmente não entendo, não vejo positividade em se apegar a bem material...
Não é bonito alguém em cima de uma moto, mas passando fome... alguém tirando fotos com cerveja em uma festa, mas com familiares sem saúde... com iPhone na mão, mas sem recursos para pagar um
cursinho de 6 meses para passar em concursos... Oh-oh
Os ativistas dizem que isso é o certo, que os pobres devem ter essas coisas, e até dão apoio quando a minoria dos pobres rouba, dizendo que aqueles objetos vão fazer eles se sentirem parte da sociedade (inclusão social)... ESSA PORRA É SERIA?? Fazer parte da sociedade é questão estética? É questão de competição ("temos o mesmo que eles"), como levar isso a sério?
Quer ouvir a minha teoria? É uma questão de identidade, de querer se destacar, de querer ser olhado e observado, e então admirado por riquezas fácies... Aí vem com essa papo de humilde, tirando selfie com dinheiro, dançando músicas que o eu lírico se vanglória por ter mais grana, por ter mais sexo, por ser mais violento...
SERIO MESMO? MESMO?

Eu nunca vou entender essa galera


4 comentários:

  1. Eu nunca vou entender essa galera (2) é nós

    Eu nunca tive um iphone, além de não poder comprar, aquilo só tem preço (encostou no chão, já era, tem que trocar a tela caríssima), faz as mesmas coisas que outros celulares fazem, acho bem triste isso de querer aprovação ou ser notado através dessas coisas......eu conheço uma pessoa que mentia muito (ou talvez ate é verdade mesmo, mas ela não olhava pras pessoas quando contava) pra parecer que tinha aqueeeeela vida, que viajou pra europa e EUA, que fazia isso e aquilo, mas a casa dela nem reboco no muro tinha kkkkkkkkkkkk

    "Estranhamente nesse meio quem procura estudar e mudar é levado como arrogante" EXATAMENTE! Foi assim que eu descobri quem algumas pessoas são de verdade. Não só quem procura mudar de vida, as vezes a gente não pode se orgulhar de algo que fez ou simplesmente fazer algo melhor do que eles fazem ou quando alguém realmente sente inveja da gente por algo que eles queriam ter mas não podem comprar que ai é taxado de arrogante, tem complexo de superioridade, ta se achando hurr durr, porque é mais fácil apontar o dedo do que melhorar a sua vida ou correr atrás do que quer zZZzzzZz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vejo como boicote...
      Ta todo mundo fudido, ai um decidi tirar a piroca da bunda e dizer que vai mudar de rumo, ao invés de receber apoio, a galera humilde puxa de volta pro inferno
      "se você muda de vida, quer dizer que nosso estilo de vida é errado/ruim"
      "se você muda de vida, quer dizer que nós somos ruins, por isso a busca por algo melhor"
      "se você muda de vida, outros vão procurar fazer, nosso numero vai diminuir, vamos ser obrigados a muda também"

      Excluir
  2. Tem tudo que o rico tem menos o dinheiro...e triste ver algo assim,dês da pessoa explorar seus talentos ou trabalhar pra conseguir um bom salario fica se inspirando em coisas que não acrescentam em nada só pra possar de falso rico?O mundo ta acabando daqui pra lá

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, tem muito pobre que é tão mesquinho quanto ricos

      Excluir

✵ Sou a favor da liberdade de expressão então se expresse como você quiser ✵

❤ Você pode discordar de mim, pode defender sua ideia, mesmo sendo contraria a minha, mas entenda que é meu blog, e eu vou defender minha ideia até o fim. Eu apenas vou recuar caso tenha percebido algum erro ou equivoco meu. Então essa é sua chance, seja claro e aberto. Todos são bem vindo... Menos pessoas sem emocional para lidar com opiniões diferentes e descem a xingamentos e ameaças ❤

☞ Mas evite ser desnecessariamente rude, pois eu respondo os comentários com o mesmo peso da sua, respeito é sempre bom, você pode discordar de mim, eu não sou dona da razão, mas você também não é. Lembre-se, o blog é meu ☜

♛ Evite por spans, se for para vir comentar que seja porque você tem interesse na postagem e não por auto-divulgação ♛

( ͡° ͜ʖ ͡°) Comentários sexualmente explícitos e vulgares são excluídos ʕ・ิɷ・ิʔ

✎ Existe uma opção de receber respostas pelo e-mail evitando ficar visitando meu blog para ver se obteve resposta (e evitar gerar números falsos), o nome é “notifique-me”, as respostas irão para o seu e-mail (para desabilitar ficar recebendo respostas, a opção está no e-mail)

⚛ Isso é um blog de opinião pessoal. Não é "site de noticia", não é propriedade de ong ou empresa comercial, logo não precisa ser imparcial ou seguir alguma regra de alguma empresa ou pessoa privada alheira. Eu sou apenas uma pessoa aleatória, sem importância social, que escreve nas horas vagas ⚛

"EU DISCORDO DO QUE VOCÊ DIZ, MAS DEFENDEREI ATÉ A MORTE O SEU DIREITO DE DIZÊ-LO" - Voltaire

Mais regras aqui

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...