domingo, 19 de março de 2017

A loira peituda da cidade pequena: Pensamentos sobre “pequenos talentos” notáveis

Olha a história que eu vou tentar contar...


(usando a Xtina para ilustrar porque ela é loira e tem peitos)
Era uma vez uma loira peituda que vivia em uma cidade pequena. Ela achava que era especial por causa dos tamanhos dos peitos, e acreditava que isso era um talento que o mundo deveria conhecer e que teria sucesso através dele.

Por viver em uma cidade pequena ela via a realidade de cidade pequena, as pessoas nessa cidade se focavam mais em coisas solidas, como trabalho e família, logo ela não via ninguém que acreditava no poder dos peitos, por isso era algo considerado não lucrativo, pelo simples fato de que não existem empresas para peitos em sua pequena cidade.



Ela olha em volta e não vê quase ninguém exibindo os peitos e então passa a acreditar que ela é única. O que ela não enxerga é que existem sim pessoas com peitos grandes, até maiores do que ela, mas essas pessoas acabam não investindo em seus peitos, por falta de interesse delas, ou por acreditarem que aquilo pode não ser uma base pata uma vida boa... Ou então não saberem que seus peitos são grandes e que podem gerar lucros.
Daí ela começa a mostrar seus peitos, a fazer apresentações e até formar uma banda (de peitos... Essa história é uma analogia), com outras pessoas que acreditam que tem peitos que são grandes e talentosos. Por ser uma das poucas que faz isso ela acaba ganhando destaque, críticas ou elogios, e por ser uma das poucas, ela é a referência de peitos que se apresentam por ai. Quando acontece algum festival em sua região pequena, seus peitos são chamados, pois são um dos poucos nomes da lista de peitos mesmo... Mas para a cabeça da nossa loira peituda isso é um indício que ela é especial, talentosa, e que terá futuro...

Daí nossa loira decidi investir nisso, e cai na ideia de que é muito talentosa e que o mundo precisa saber. Ela passa a parar de fazer trabalho considerado normais, e investir o seu dinheiro e o dinheiro de sua família em sua carreira... Esse é o momento...
Tudo acaba quando...


A loira peituda de cidade pequena na cidade grande

A loira peituda se convence de que ninguém a ofereceu grande oportunidade, ou não obteve grande sucesso por viver em cidade pequena, mesmo que algumas pessoas de lá já brilharam por algum motivo, então ela decide que é hora de partir e mostrar seus peitos em um lugar maior.
Peitos grandes demais para um lugar pequeno?
Então a loira peituda vai para a cidade grande, cheia de fantasias de como será brilhante seu futuro na cidade cheia de oportunidades...
Chegando lá ela percebe uma coisa... Na cidade grande realmente os peitos tem espaço, existem agencias, programas, gravadoras, tudo de peitos e sobre peitos... Porém há peitos para todos os lados, existem pessoas que compram peitos, desde silicones a meias, tem pessoas que editam peitos, tem pessoas que tem peitos naturais maiores do que os da loira, tem até mesmo pessoas sem peito que são reconhecidos por eles... E ai ela descobre que seus peitos e que ela não é especial, e nem suas apresentações são únicas e especiais... Ela até tenta, mas percebe o quão pequeno são os seus peitões... Em comparação ao resto do mundo.


Então ela tem duas escolhas, ou volta para casa e abaixa essa bola, ou aceita o nível que tem a trabalha através disso...

Entendei a história? Vou explicar de outra forma

Em cidades pequenas as pessoas costumam ser mais reprimidas em relação a coisas diferentes, e nisso quando alguém faz algo diferente se destaca, aí ou você é visto como doido, ou como brilhante (eu fui taxada como o primeiro). Eu já vi muita gente que se acha um grande modelo, mas que na verdade é um dos poucos que se arrisca em fazer isso, logo ganha atenção, músicos são os que mais entram nessa, a pessoa pode ser o maior desafinado, o poço de falta de criatividade, mas é a única que está 24h disponível com algum grupo e pronto para apresentações, logo ganha destaque. Isso cria uma sensação de grandeza na pessoa (ou de solidão, meu caso), daí ela passa a acreditar que tem um diferencial, e leva o que vê em sua cidade como referência do resto do mundo.

Os peitos ali é a analogia de "talento", pessoas com peitos grandes normalmente acreditam que são sensuais apenas por ter, mas as vezes elas esquecem do resto, e que muitas pessoas têm peitos maiores, mas escondem, e que peitos é a coisa mais comum do mundo.
Em cidades grandes as pessoas são mais liberais, tem um número enorme de empresas e oportunidades, elas acabam tentando essa oportunidade, e logo criando uma grande concorrência. A sensação de ser único é destruída em um lugar que as pessoas que são realmente boas ou trapaceiras ganham destaques.

Em cidades pequenas as pessoas têm ideia do mundo pela mídia, que sempre mostra uma parcela da realidade, um número de artista e uma parte de sua história, mas não mostra a parte chata, como a seleção, a competição, portas fechadas, artistas negados, ou que fracassaram... Apenas luzes e ideia que deram certo... Isso é parte da história, parte pequena da história, que pode até mesmo ser mentira.
...
Ou seja, seus peitos podem não ser grande coisa...
...
Dizendo isso porque vivo tombando bom as "loiras peitudas" em minha vida toda em cidades pequenas, mas já estive em cidade grande e sei como é. Tanto que até gosto de uma dessas loiras, e gosto do seus "peitos", só que eu tenho consciência do quão "pequenos" eles são para o mundo e de que isso não vai dar em nada (pior que se você critica a pessoa fica chateada), e até imagino a frustação que há por vir, e a negação da existência dela...

Se você vive em um lugar pequeno e acredita que tem grande coisa, para e pensa, jamais jogue sua vida toda nisso, procure ter outra base, e realmente tente para ter certeza que está no caminho certo... Por exemplo, e se eu contar que nossa loira peituda perdeu sua juventude toda se preparando para um dia que nunca vai chegar? Mas ao menos ela tentou, tem pessoas que ficam esperando a vida toda e nunca saberem se realmente poderiam. Duro é isso, perder a vida toda em uma fantasia, em uma ideia errada de ser único.

Lembre-se na quantidade de pessoas que tentam, na quantidade de pessoas que dizem ser bonitas, que dizem que podem cantar, tocar um instrumento, compor etc... e que nunca tiveram sucesso... Olha para ela, você oferece algo parecido? Por que que com você o resultado seria diferente?
De 10.000 pessoas só uma recebe uma chance, e dessas que recebem chances, você só vê uma ou outra tendo sucesso... E lembra que todo mundo acredita que é especial, que pode ser artista...
Eu acho que as pessoas têm que realmente ir atrás de seus sonhos, realmente tentar, mas também acho que você tem que pôr os pés no chão, saber como as coisas funcionam, que você não é único, e que precisa mais do que peitos para conseguir alguma coisa, se não pode ficar a vida toda se doando por uma fantasia.

Cidades pequenas enganam... Enganam mesmo...

Você fazer algo legal, não te torna especial...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

✵ Sou a favor da liberdade de expressão então se expresse como você quiser ✵

❤ Você pode discordar de mim, pode defender sua ideia, mesmo sendo contraria a minha, mas entenda que é meu blog, e eu vou defender minha ideia até o fim. Eu apenas vou recuar caso tenha percebido algum erro ou equivoco meu. Então essa é sua chance, seja claro e aberto. Todos são bem vindo... Menos pessoas sem emocional para lidar com opiniões diferentes e descem a xingamentos e ameaças ❤

☞ Mas evite ser desnecessariamente rude, pois eu respondo os comentários com o mesmo peso da sua, respeito é sempre bom, você pode discordar de mim, eu não sou dona da razão, mas você também não é. Lembre-se, o blog é meu ☜

♛ Evite por spans, se for para vir comentar que seja porque você tem interesse na postagem e não por auto-divulgação ♛

( ͡° ͜ʖ ͡°) Comentários sexualmente explícitos e vulgares são excluídos ʕ・ิɷ・ิʔ

✎ Existe uma opção de receber respostas pelo e-mail evitando ficar visitando meu blog para ver se obteve resposta (e evitar gerar números falsos), o nome é “notifique-me”, as respostas irão para o seu e-mail (para desabilitar ficar recebendo respostas, a opção está no e-mail)

⚛ Isso é um blog de opinião pessoal. Não é "site de noticia", não é propriedade de ong ou empresa comercial, logo não precisa ser imparcial ou seguir alguma regra de alguma empresa ou pessoa privada alheira. Eu sou apenas uma pessoa aleatória, sem importância social, que escreve nas horas vagas ⚛

"EU DISCORDO DO QUE VOCÊ DIZ, MAS DEFENDEREI ATÉ A MORTE O SEU DIREITO DE DIZÊ-LO" - Voltaire

Mais regras aqui

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...