terça-feira, 14 de março de 2017

Gostos diferentes: Mas tudo ta tão igual...


A regra dos jovens do passado eram se enturmar, isso era meio que "seleção natural" social, e o modo de sobrevivência era se encaixar nas peças todas iguais, os lugares tinham lá seus padrões monótonos e todo mundo era assim, era uma ou duas modinhas, nenhuma grande variedade, e pessoas que pisavam na linha ou ultrapassavam eram deixadas de lados.
Aí chegou a nova moda, a moda agora é ser diferente, olhando o título da coisa dá uma esperança que agora está liberado ser o que você quer sem medo de total exclusão ou repreensão por isso, mas olhando o conteúdo... Bem... Tecnicamente é a mesma merda, só que com glitter e álcool para mudar cheiro e cor... Mas continua uma merda...



Eu me relembro na escola, eu fui taxada como diferente, sem realmente ser, eu era uma jovem comum com pequenas variações (tipo uma zebra, mas sem as listras brancas), mas com uma enorme timidez, eu ficava retraída olhando os outros e esperando o momento para me apresentar ou então as pessoas virem até mim... Não aconteceu, isso criou um espaço entre eu e outros jovens, que alguns maldosos preencheram com boatos e muros... E eu olhava em volta e observava pessoas realmente diferentes e elas sofriam coisas até pior, seja por um blusa com estampa diferente a uma ideia, as pessoas eram apedrejadas socialmente...


E ai eu olho as atuais redes sociais...
Tem uma corrida enorme para tentar ser o tal diferente, sempre começa com alguma garota corajosa, que talvez seja alguém realmente criativo ou apenas aleatória, ou um acidente (sabe quando você vai cortar o cabelo ou customizar uma roupa e dá errado, mas o erro fica legal? Nunca aconteceu comigo, mas tem gente que estranhamente vive acontecendo), e aí um monte de meninas sente uma necessidade bizarra de fazer o mesmo, de ter aquela diferença, mas basicamente copiam a porra toda...
Instagram e Tumblr é o exemplo disso, alguma moda começa sem pretensão de nada, as vezes é até ridicularizada, ai de repente é apenas isso que você vê por meses, meninas com as mesmas cores, nas mesmas poses dizendo a mesma coisa, aí tudo se resume a isso... E elas se sentem como se fosse a pessoa mais diferente do mundo.

Eu amo quando jovens usam arte e moda para se expressar ao invés de socos e ideologias que machucam pessoas, mas a coisa que me faz amargar é que elas apenas pegam esse barco para se dizerem "autenticas", não é sobre gostar de pintar o cabelo de duas cores, mas é para mostrar para a sociedade, quero dizer, fazer questão de mostrar para sociedade que são únicas, e ainda fazer questão de dizer que não ligam... Uh, isso cansa... É basicamente propaganda falsa, quantas
meninas por ai você conhece que vestiria um saco de lixo se estivesse na moda apenas para aparecerem? Ai essa mesma galera olha para o lado, e vê alguém que escolheu seguir algo calmo e julga... Pois ela está em um patamar maior que você, porque você não tem capacidade de ser como ela, de que ela é diferente no meio de tantas ovelhas... Ah... Essas coisas...

A coisa está em se gabar em algo que deveria ser natural, parece que a pessoa não usa aquilo, aquilo usa a pessoa, ela precisa expor, ser notada por aquilo, quanto maior e mais chamativo melhor. O resto do mundo é lixo, apenas aquilo que ela está usando tem algum valor, que é usado temporariamente, só isso presta, os outros gostos são chatos, inferiores, ridículos.

As pessoas são medíocres por não estarem afim de admirar algo que ela escolheu, é nisso que se resume, que acha legal está certo, que acha feio está alienado... E ainda vem discursar sobre a diversidade de gostos pessoais.
Sabe, é bem fácil por uma roupa, você apenas a coloca, são tecidos, tirar fotos é super fácil, e edita-las no processo de aceitação...
Oh... Sabe aquele grupo de jovens do passado que eram iguais pela aceitação, agora são os diferentes pela aceitação, você vai olhar nos grupos todo mundo está igual, cabelo raspado, detonado por alguma tintura importada, alguma blusa com estampa em alguma frase em inglês, um short mini e essa coisa de ficar lacrando... Tão diferentes que eu jamais saberia dizer quem é quem...
Agora é a onda das meninas depressivas, que são sensíveis, que tem uma lista enorme de doenças psicológicas (por isso não as critique), que são fãs de coisas duvidosas como sereis killer (lembro que isso começou com a TheProserpina, todo mundo a criticou, mas agora é moda!)... A sim, os lábios carnudos, porque agora garotas brancas podem comprar lábios, então isso é bonito.

Repetindo, a coisa de tatuagens, lábios carnudos, pele pálida, gosto por assassinos, filmes de terror, roupas diferentes, olhos brilhantes, rosto de mandíbulas e maça do rosto marcadas e etc... Foi essa moça:
Sobre ela (no link)
E eu achei que ela ia ficar famosa, quem ganhou fama foram as copias dela... gente ela foi a primeira pessoa que eu vi que tatuou assassinos em serie no próprio corpo! O resto bebe capucino sem cafeina, ela é a unica café puro que eu vi até agora




(O resto é copia de copia, até mesmo no Brasil)
Vocês são diferente? Serio? Só olhar em qualquer tag que o Instagram atualiza por segundo milhares de fotos só de SP de meninas assim... Me pergunto quando de preenchimento labial foi usado em cada mês com essa (depois a boca fica parecendo bunda de babuíno)
A vida antigamente se resumia a aplausos e sorrisos forçados, agora é seguidores, likes e comentários... As coisas mudaram?



Ainda não... Infelizmente ainda não... Um monte de meninas mandam e-mail contando o como são pressionadas por serem realmente diferentes, e na maioria por querer ser a garota dedicada, estranhamente se esforçar na escola ainda é um motivo para bullying, as pessoas aceitam admiradores de assassinos, mas não pessoas que amam tirar notas acima de 10... Eu realmente lamento...
O bulliyng real não gira em torno de dizer que acha feio, ridículo ou alguma crítica, mas sim em exclusão, pressão social e até agressão verbal (coisas físicas são crimes, é um nível bem maior, nem consigo aceitar que ainda exista isso)

Enquanto isso... Na internet...





Ps:
Não é uma roupa, o photoshop ou a lista de filmes que te faz alguém diferente, e sim atitudes, posar para um foto todo mundo faz, ainda mais com uso de edições...
Agir como uma garota que quer ser destemida, mas reage como uma garota de 10 anos chorando por colo e atenção... assim não dá, né...

7 comentários:

  1. Eu só fico pensando o que leva alguém a tatuar pessoas tão horríveis como pedofilo, canibal e estuprador pra todo mundo ver, NÃO SAI MAIS, tudo isso é pra se destacar no meio da multidão? Parece problema seríssimo de auto-estima....... 😨

    Confesso que eu torci muito o meu nariz depois que essa modinha de ser "alternativa" e a popularidade de tumblr começou (e a glamurização de doenças mentais, por conta disso pouca gente trata esse assunto com seriedade e aqueles que tem de verdade as vezes nao falam pq sentem vergonha de serem ridicularizados), acho que quem sofreu ou ainda sofre por ser diferente de verdade deve torcer o nariz pra tudo isso tbm......na minha ex faculdade o que tinha de gente tentando ser especial na multidão forçando ser alternativa enchendo a cara de pircings ou o corpo de tatuagem edgy, qualquer coisa pra "chocar" a tal sociedade malvada ou aqule estilo witchy boho porque viu em american horror story coven (nossa muito original sqn) não era pouco, voce olhava pro lado e todo mundo era a mesma coisa, agora que aqueles que eram diferentes de verdade (não só nas vestes mas no comportamento e habilidades em geral) nem sempre tinham amigos ou eram aceitos......vai entender isso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A pessoa ainda tatuou satan na barriga inteira... cara, nem satanista faz isso...
      Pois é, também vejo uma busca de auto estima através de encontrar satisfação na atenção nos olhos de outra pessoa, porque a pessoa em si nunca mostrou interesse no ocultismo real, interesse como a Felice Fawn tinha (e olha que ela tatuou símbolos e frases do que satan diretamente)

      Essa galera que curte assassinos em serie... como alguém vê beleza em uma pessoa que machucou e torturou gente inocente?? É muito egoismo!

      and...
      Os nerds apanhavam no passado, chegou a galera para defender os oprimidos, os nerdes ainda apanham no futuro... incrível!

      Excluir
  2. Reparo isso desde muito jovem. Parece que antigamente o pessoal queria se encaixar em um padrão perfeito, estilo Rei e Rainha do Baile, mas com o passar do tempo, os mesmos foram taxados de fúteis, vazios e sem personalidade. Daí começaram a surgir os movimentos "do contra". É tipo aquele lance do anti herói: o cara que não tem pinta de herói, é burro, fraco e desajeitado, mas todo mundo ama.
    Podemos ver isso em várias comédias românticas, onde o cara deixa de ficar com as "Barbies"(fúteis e iguais), para ficar com a mocinha atrapalhada, "diferente" das demais, que usa All Star com vestido, etc. Talvez nossa geração bebeu dessa fonte, ao se espelhar nessas figuras da industrial cultural (como na música, com cantoras como Arvil, Pink,no inicio da carreira,com fama de garotas 'diferentonas').
    Agora a moda é ser diferente, autentico, em uma tentativa de ser a "mocinha" de seu próprio filme.
    E nem me fale na onde de pessoas com distúrbios psicológicos. Esses dias me mandaram o perfil de uma menina que afirmava ter quatro distúrbios (esquizofrenia, depressão, panico e ansiedade) e como se não fosse o bastante ela ainda diz ter tido leucemia. Ai tu olha o perfil da menina, uma foto mais bonita que a outra, todas bem trabalhadas, ela linda em todas, cada foto com mais de 5 mil curtidas e centenas de comentários, e mais de 115 mil seguidores. Nem preciso dizer nada. Parece que a pessoa quer juntar um misto de pena, com heroísmo (vencer as doenças), com """autenticidade""" beleza e perfeição. Pronto: tai a formula do sucesso nas redes sociais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo jeito ainda existe a princesa e o rei do baile, mas eles tomam remédio tarja preta e lamentam da vida em algum lugar confortável, e sendo heróis da nova geração sem sair de casa...

      Excluir
  3. A garota "diferente" para eles e mais facil de achar do que se imagina...antes era legal ser patricinha usar rosa,roupas delicadas e ser cheia de fluflu agora esta na moda ser gotiquinha ou copia das meninas do tumblr muita gente considera isso diferente mais não é tem ate turial no youtube de como ser tumblr (sendo que tumblr e uma rede social não um adjetivo) so to esperando sentada aqui pra ver qual vai ser a nova "padronização diferente" daqui a 5 anos

    ResponderExcluir

✵ Sou a favor da liberdade de expressão então se expresse como você quiser ✵

❤ Você pode discordar de mim, pode defender sua ideia, mesmo sendo contraria a minha, mas entenda que é meu blog, e eu vou defender minha ideia até o fim. Eu apenas vou recuar caso tenha percebido algum erro ou equivoco meu. Então essa é sua chance, seja claro e aberto. Todos são bem vindo... Menos pessoas sem emocional para lidar com opiniões diferentes e descem a xingamentos e ameaças ❤

☞ Mas evite ser desnecessariamente rude, pois eu respondo os comentários com o mesmo peso da sua, respeito é sempre bom, você pode discordar de mim, eu não sou dona da razão, mas você também não é. Lembre-se, o blog é meu ☜

♛ Evite por spans, se for para vir comentar que seja porque você tem interesse na postagem e não por auto-divulgação ♛

( ͡° ͜ʖ ͡°) Comentários sexualmente explícitos e vulgares são excluídos ʕ・ิɷ・ิʔ

✎ Existe uma opção de receber respostas pelo e-mail evitando ficar visitando meu blog para ver se obteve resposta (e evitar gerar números falsos), o nome é “notifique-me”, as respostas irão para o seu e-mail (para desabilitar ficar recebendo respostas, a opção está no e-mail)

⚛ Isso é um blog de opinião pessoal. Não é "site de noticia", não é propriedade de ong ou empresa comercial, logo não precisa ser imparcial ou seguir alguma regra de alguma empresa ou pessoa privada alheira. Eu sou apenas uma pessoa aleatória, sem importância social, que escreve nas horas vagas ⚛

"EU DISCORDO DO QUE VOCÊ DIZ, MAS DEFENDEREI ATÉ A MORTE O SEU DIREITO DE DIZÊ-LO" - Voltaire

Mais regras aqui

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...