sexta-feira, 3 de março de 2017

Itaberli Lozano: Queimado pela própria mãe


Itaberli Lozano (primeira vez na minha vida que li esse nome, e a pessoa está morta) era um menino lindo e amável que foi assassinado pela mãe, e isso chocou o Brasil
As histórias de como isso aconteceu, os motivos, o como ele foi morto ainda gera uma grande discussão sobre homofobia e o amor materno...



Itaberli Lozano foi morar com os avós paternos por causa da decorrente briga e desentendimentos com sua mãe. Então sua mãe, Tatiana Lozano Pereira, o contatou e pediu para que ele voltasse, ela queria fazer as pazes, Itaberli (minha nossa, que nome estranho) aceitou, e então desapareceu. O avo entrou em desespero, e ligou para a polícia, a polícia foi atrás de Itaberli, perguntando a sua mãe, mas nada... Então a polícia encontrou um corpo queimado, e nesse corpo havia uma pulseira, a pulseira foi identificada, era uma pulseira de estimação que vivia grudada em Itaberli. Itaberli estava morto. A polícia foi atrás da mãe, até que ela confessou...
(Ele e Tatiana)


A primeira versão: Itaberli era uma puta má
De acordo com a mãe, Itaberli era uma pessoa ruim, ele era uma ameaça a família, ela, o padrasto Alex e o caçula de 4 anos, viviam com medo de Itaberli. De acordo com a mãe, Itaberli era uma puta viciada em drogas, ele vivia trazendo homens para casa e fumando, além disso, Itaberli a agredia constantemente. Tanto que um dia Itaberli trouxe uma faca para casa e a guardou em seu guarda roupa.
No dia 29 de dezembro, Itaberli e sua mãe começaram uma discussão, a discussão ficou muito forte, e Itaberli foi para cima da Tatiana, isso tudo de acordo com a mãe, a briga foi até o quarto, aonde a mãe o deu uma chave de braço, o deixando tonto, nisso ela conseguiu pegar a faca e guardou, com receio que Itaberli a matasse e a escondeu em outro lugar do quarto. A briga voltou a acontecer, e a mãe para se defender pegou a faca, e acabou dando 3 facadas em seu pescoço e então matou Itaberli

O único final
Qualquer pessoa quando vê um parente ou uma pessoa que ama ferida chama ajuda, qualquer pessoa! Ainda mais se foi um acidente, a pessoa tenta socorrer, e nunca acontece de 3 facadas, 3 tiros, 3 socos... Entende? Mais de um, nunca acontece mais de 1, um acidente nunca acontece mais de 1 vez, e como eu disse, a pessoa tenta socorrer, pede ajuda, faz alguma coisa. Uma dica para saber se foi um assassinato ou não.

Ela e o marido pegaram o corpo de Itaberli, envolveram com edredom, levaram até o canavial e atearam fogo
E logo depois aconteceu do avô te Itaberli notar algo estranho, e então a polícia encontrar o corpo de Itaberli... Uma gay linda queimada no canavial...

(A pulseira de Itaberli)

A ilustração de Itaberli como um menino mal, que ameaçava a família, tirava o peso da culpa sobre os pais, mas ainda deixava o fatal desfecho com uma sensação de crueldade e duvida

Uma mãe perversa e um menino inocente na casa errada
("Família em primeiro lugar"- Post de Itaberli)

A versão real tem o mesmo final, mas com acontecimentos bem diferentes. Amigos e parentes de Itaberli negaram as acusações de eles se envolver com drogas, e então relembraram de um antigo post de Itaberli:
(Itaberli denunciou a agressão postando fotos de seus machucados)



A mãe tê-lo agredido explica melhor o porquê de Itaberli sair de casa, isso explica melhor do que a versão da mãe, de que Itaberli era um menino mau, que mandava na casa e não o aguentava mais, se ele mandava na casa, porque ELE saiu!? Se ele, de acordo com a mãe, ele era o motivo da toxidade, porque ele que fugiu de lá?

A verdade é que não apenas a mãe e o padrasto e Itaberli que estavam naquela casa, uma adolescente apareceu e contou fatos que mudou totalmente a história e clareou os porquês...
A mãe de Itaberli não o aceitava como gay, então passou a ser agressiva com ele. Um dia ela contratou dois jovens para dar uma lição em Itaberli, Victor Roberto da Silva, de 19 anos, e Miller Barissa, de 18 anos, um deles tem uma namorada menor de idade, que contou a polícia o que exatamente aconteceu.
A parte inicial da história é verdade, Itaberli saiu de casa, e então a mãe o chamou para tentar uma reconciliação. Quando chegou lá, a mãe avisou aos jovens para ir até Itaberli e fazer o serviço. De acordo com a mãe de Itaberli, sobre novas provas, apenas disse que os contratou para dar um “susto”. Os jovens surraram Itaberli, até que o pobre menino ficasse inconsciente, então os jovens pegaram o corpo ainda com vida de Itaberli e jogaram sobre a cama, e estavam querendo ir, quando a mãe de Itaberli entrou e cortou o pescoço do próprio filho.
Olha o que adolescente diz:

(Menina retardada, está ajudando a polícia, mas é retardada... Como assim quem julga ela é os verdadeiros assassinos?? Quem liga que ela está sofrendo? Ela foi acompanhar dois caras surrar Itaberli covardemente e ainda que pena?)

Depois disso a mãe teve a ideia de enrolar o corpo de Itaberli e tacar fogo.
De acordo com os policiais a mãe não expressou nenhuma reação ao contar a história, culpa, medo ou saudade, nada.
Ela foi condenada. Lembrando que no Brasil as pessoas ficam no máximo 30 anos, e podem sair mais cedo, se caso o juiz conceder, por bom comportamento.

...
O triste foi pessoas tendo compaixão pela mãe, como se fosse um fardo ter um filho gay, só por ser gay, e isso justificasse a agressão e então a morte. E as mesmas pessoas não conseguem ter compaixão por Itaberli, que foi massacrado, não só naquele dia, mas por anos, pela própria mãe, e então morto... Por ser gay.

Você escolhe se manter intolerante ou tentar entender algo, mas se você escolheu a primeira opção, isso não te dá o direito de maltratar ninguém, apenas por não querer entender uma pessoa por ser algo. Qual a diferença entre você e uma pessoa com uma orientação sexual diferente? São coisas que deveriam ficar no quarto, e não virar motivo para morte.

A coisa se agrava quando se trata da mãe, a própria mãe, contratando estranhos para bater no filho, e ainda cortando o pescoço dele. Consegue imaginar uma mãe fazer isso com o próprio filho? Consegue imaginar que o motivo seja porque ele dorme com alguém do próprio sexo?
O que se passa na cabeça da pessoa? A criança que você deveria proteger, está a mantando porque não é o que se esperava?

A mãe de Itaberli é uma assassina cruel, ela enganou o filho, agrediu ele, contratou pessoas para agredi-lo, e então o matou e tacou fogo em seu corpo. COMO ALGUEM CONSEGUE TER COMPAIXÃO POR ALGUEM ASSIM?

Se ela estava tão cansada do próprio filho, porque não o deixou com os avós? Porque o trazer para casa? Porque o encurralar? Não tem uma boa resposta...

E o que dizer sobre outras pessoas que apanham de suas famílias, e que são mortas por motivos idiotas, que só são grandes problemas na cabeça de gente intolerante? O que dizer que gente que acha que ideias que se chocam são motivos para eliminar alguém? De uma mãe que não consegue sentir remorso de matar o próprio filho por ele ser gay... De pessoas que apoiam isso...

A humanidade passou por tanta merda, que foram baseadas em ódio, ignorância e intolerância, e estamos ainda aqui em 2017 para ter que lidar que isso ainda existe, e pessoas acham que é ainda é uma saída

Se a mãe não conseguia ter compaixão ou amor pelo próprio filho, certeza que muitas outras pessoas conseguiriam, e ela foi acima de tudo egoísta acima de tudo, colocando o próprio ódio como prioridade, tirando Itaberli de todas as pessoas que o amava, ela não apenas o machucou, ela se machucou e machucou a todos que se envolveram com ele... Isso é mãe?

E não venham me dizer que homofobia não foi um dos motivos, pois se o menino não era drogado e nem violento, se ele não teve chances de entrar na briga, na verdade, foi uma emboscada, me fala o motivo real então?

É triste...

Trocou 30 anos acompanhado o filho crescer, por 30 anos de cadeia

4 comentários:

  1. Eu lembro quando isso aconteceu, não tem como não ficar horrorizada com isso....ele não parecia ser alguém drogado e violento, muito pelo contrário (vdd, era uma bee bonita e mesmo se fosse tudo isso que essa "mãe" acusou ele de ser não justifica o que ela fez), pleno 2017 e ainda acontecer crime de homofobia é brabo viu, apesar de que ainda não me surpreende existir tanta gente homofóbica...... já essa "mãe" não passa de uma psicopata, deveria passar o resto da vida na cadeia mas se tratando de brasil eu duvido que ela passe metade dos 30 anos, olha aí aquele goleiro que fez aquela barbaridade com aquela mina e foi solto, num ficou nem 10 anos preso e ainda teve gente ousada o suficiente pra TIRAR SELFIE com ele.......😨

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tanta mãe querendo ter menino bonito e essa ai cortou o pescoço do próprio bebe (de 17 anos, mas olha cara de quem usa... Usava né, creminho da avon para ficar macia)
      Tem pessoas que param de dar valor ao que tem por causa de algum detalhe que vai contra o que elas esperavam... "tenho um filho homem, mas é gay", como se isso acabasse com todo amor, e criasse uma barreira... Eu acho isso tão triste, esquece que ainda tem uma pessoa ali, com sentimentos e necessidades precisando de uma mãe... Como alguem corta um laço de amor por causa de um detalhe ignorável? Sei la, se não gostava de ele ser gay, proibia ele de ter vida sexual antes dos 18, mas... Matar... Não tem como evitar se sentir horrorizado, como uma pessoa assisti o filho sendo espancado e depois corta o pescoço... Horror total

      Ah, eu to querendo escrever sobre o bruno, sim... As pessoas tem capacidade de perdoar esse tipo de gente, mas não alguem por ser gay ou algo do tipo, cara, que planeta é esse chamado brasil!?
      Meu celular caiu no chão no mercado enquanto eu estava boiando pensando no "cheiroso" e agora ta difícil escrever, mas vamos até isso pegar fogo, que nem meu pc...

      Excluir
  2. Nossa senhora O.O
    Que coisa horrenda. Pelo que me parece ele me parecia uma pessoa de tranquila, não tem essa aparência de mal não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A maior parte das pessoas perigosas não tem cara de pessoa perigosa, e por isso são tão perigosos... Olha a minha linha de pensamento hehehe:/

      Excluir

✵ Sou a favor da liberdade de expressão então se expresse como você quiser ✵

❤ Você pode discordar de mim, pode defender sua ideia, mesmo sendo contraria a minha, mas entenda que é meu blog, e eu vou defender minha ideia até o fim. Eu apenas vou recuar caso tenha percebido algum erro ou equivoco meu. Então essa é sua chance, seja claro e aberto. Todos são bem vindo... Menos pessoas sem emocional para lidar com opiniões diferentes e descem a xingamentos e ameaças ❤

☞ Mas evite ser desnecessariamente rude, pois eu respondo os comentários com o mesmo peso da sua, respeito é sempre bom, você pode discordar de mim, eu não sou dona da razão, mas você também não é. Lembre-se, o blog é meu ☜

♛ Evite por spans, se for para vir comentar que seja porque você tem interesse na postagem e não por auto-divulgação ♛

( ͡° ͜ʖ ͡°) Comentários sexualmente explícitos e vulgares são excluídos ʕ・ิɷ・ิʔ

✎ Existe uma opção de receber respostas pelo e-mail evitando ficar visitando meu blog para ver se obteve resposta (e evitar gerar números falsos), o nome é “notifique-me”, as respostas irão para o seu e-mail (para desabilitar ficar recebendo respostas, a opção está no e-mail)

⚛ Isso é um blog de opinião pessoal. Não é "site de noticia", não é propriedade de ong ou empresa comercial, logo não precisa ser imparcial ou seguir alguma regra de alguma empresa ou pessoa privada alheira. Eu sou apenas uma pessoa aleatória, sem importância social, que escreve nas horas vagas ⚛

"EU DISCORDO DO QUE VOCÊ DIZ, MAS DEFENDEREI ATÉ A MORTE O SEU DIREITO DE DIZÊ-LO" - Voltaire

Mais regras aqui

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...