quarta-feira, 17 de maio de 2017

American dad: O que a anorexia faz com sua cabeça


Algumas pessoas vêm esse seriado como apenas safadeza e violência, bem... Também é, mas é assim que eles encontraram o modo deles de criticar assuntos
Para quem não conhece, American Dad vai na mesma lista de South Park, Simpson e Family Guy, seriados que ou você ama, ou você odeia, se não... Você não conhece esse caralho
Por que odeiam? Porque criticam diretamente as coisas, citam e expõe celebridades e situação reais em pura carne no humor negro, e isso pode arder em pessoas que tem olhos sensíveis e que não podem lidar com críticas, ou que não gostam do estilo agressivo de humor... Normalmente tem pessoas que gostam do seriado... Mas até criticarem alguma celebridade que gostam ou algum costume/religião que essas pessoas possuem... Ora essa, uma hora essa roleta russa iria atirar em sua cabeça
Mas o episódio que eu vim trazer hoje foi um bem bonito até, conta a aventura que um dos personagens passa por anorexia de uma forma que eu considerei genial, porque eles colocaram a visão da pessoa doente como um filtro na história, de uma forma que você bem percebe o que está havendo...
Quer mais spolers?



Para quem vai procurar na NetFlix para assistir primeiro, porque eu vou mostrar partes aqui, o "endereço" é: Segunda temporada, episódio 2, no Brasil é chamado de “quero ser magro”, e no Usa tem nome oficial de “After School Special”

Lembrando que perde a graça ler isso e depois procurar para ler, porque a surpresa final vai ser revelada aqui

Eis o que acontece:

Tudo começou quando ele descobriu que o filho dele estava se envolvendo com uma menina, na qual era gorda, e isso ativou o lado preconceituoso de Stan, que para quem assisti sabe que não é novidade, já que Stan é a representação do espantalho estereotipado do homem norte-americano, todo cheio de regras e preconceitos. Ao ver a menina, Stan começa com as frescuras dele, e então querer que o filho dele terminasse o relacionamento... E ai a família critica Stan, dizendo que ela não pode dizer nada sobre a garota... Por ser gordo também... E isso da um curto em Stan, que começa uma batalha para emagrecer
Como sempre, Stan começa a exagerar para chegar em seu objetivo, ser magro para ser considerado gente (dentro de seu preconceito), mas a coisa não dá resultado, ao invés de emagrecer... Ele começa a engordar, então Stan passa a usar métodos nada saudáveis, mas desde que ela consiga estar magro
O mais interessante foi o como ela acreditava que sua família estava o boicotando, colocando gordura em sua comida, tudo para faze-lo engordar, enquanto eles diziam que ele deveria parar... Ele começou a acreditar que todos estavam contra ele, e que o único jeito de se sentir bem de novo era se afastar deles e se manter no caminho "certo"
Mas cada dia ele estava mais gordo


A verdade é que esse tempo todo Stan estava doente, ele estava cada dia mais magro e fraco, mas na cabeça dele ele estava mais gordo, mas ele não conseguia enxergar, apenas sua família, que não estavam o boicotando, tudo era coisa de sua cabeça


Mas ele não conseguia aceitar, porque valeria a pena passar por cima de tudo... desde que ele esteja magro... Mas como... Se ele não vê isso?


Logo a doença na mente dele cegou ele, ele não conseguia ver as coisas claramente, para ele todo mundo queria engorda-lo, meio que criando uma paranoia, enquanto a cada dia que se passava, mesmo fazendo todos os sacrifícios pela Ana/mia ele se sentia cada vez mais gordo... E cara, os caras meteram a piroca nesse assunto perfeitamente, é exatamente isso que as meninas passam, e ainda colocar o personagem machão, expondo que qualquer um poderia passar por isso, faz as coisas se tornarem mais interessantes
A pessoa fica em negação até o final, se apega uma verdade, e em sacrifícios para uma recompensa que jamais vai chegar, quanto mais ele der, menos ele vai ter, até mesmo sacrificar a vida e a relação com a família ele estava disposto, desde que pudesse se ver magro, tudo por causa de um preconceito dele
A paranoia foi a melhor, todo mundo que está em uma dieta restrita se sente sendo boicotado por tudo em volta, porque quando você se proíbe de algo, comida no caso, isso fica mais irresistível, se alguém come do seu lado, parece que a pessoa está esfregando o “poder comer” aquilo na sua cara. Mas a relação das meninas com anorexia é que quando alguém tenta as ajudar, elas sentem que estão tentando a tirar do caminho que elas escolheram como certo, e isso é ofensivo, porque quando você coloca na sua cabeça que uma coisa é boa, mesmo que isso esteja matando você, qualquer coisa que aparecer na frente vai ser interpretada como obstáculo, como “alguém tentando te tornar uma gorda”, “eles te querem longe disso, porque te odeiam, e querem que você sofra como uma gorda”
...
Esse ep é muito interessante, e eu super recomendo, meio que é um tapa na cara de certas pessoas (o seriado todo é, tirando a safadeza sem freio, tem bastante conteúdo e críticas sociais foda no meio)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

✵ Sou a favor da liberdade de expressão então se expresse como você quiser ✵

☞ Mas evite ser desnecessariamente rude, pois eu respondo os comentários com o mesmo peso da sua, respeito é sempre bom, você pode discordar de mim, eu não sou dona da razão, mas você também não é. Lembre-se, o blog é meu ☜

♛ Evite por spans, se for para vir comentar que seja porque você tem interesse na postagem e não por auto-divulgação ♛

( ͡° ͜ʖ ͡°) Comentários sexualmente explícitos e vulgares são excluídos ʕ・ิɷ・ิʔ

✎ Existe uma opção de receber respostas pelo e-mail evitando ficar visitando meu blog para ver se obteve resposta (e evitar gerar números falsos), o nome é “notifique-me”, as respostas irão para o seu e-mail (para desabilitar ficar recebendo respostas, a opção está no e-mail)

Mais regras aqui

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...