terça-feira, 13 de junho de 2017

Coisas bestas que homens fizeram para agradar/chamar atenção mulher (e algumas coisas que eu odeio)

A versão masculina, que eu jurava que já tinha postado (percebi que um monte de coisa eu não postei, eu e minha doce memória recente falha)

Meio complicado colocar tudo nessa lista, porque é muita coisa, muita coisa mesmo!... Mas... Algumas que eu mais vejo...






"Olhe por mim"

Eu odeio isso.
Alguns caras acham que olhar é uma atitude de interesse, porque de você olha o carro, logo quer dar uma volta nele. E aí eles precisam saber se você está olhando, e então interessada... A coisa de levar o ato de olhar de alguém como sinal de alguma coisa é típica, os caras passam por você, fazendo barulho e chamando atenção... Você acaba olhando, e eles acham que isso foi uma atitude vinda de você... Naturalmente... Mas isso já é outra babaquice...
  Mas esse tópico é sobre outra coisa.... Ao invés de o próprio cara interessado em você realmente verificar se você está olhando, eles pedem para um amigo fazer.... E o plano é o seguinte, o amigo fica olhando, enquanto o cara (ele) encara para o nada, se caso a menina olhar na direção dele, pronto, PROVA 1# DE QUE ELA ESTÁ INTERESSADA, DIA 2, 13:55= ELA OLHOU NA MINHA DIREÇÃO, MEU AMIGO DISSE ISSO! Mano, as vezes você olha por outro motivo, e a pessoa está no horizonte, e você tem olhos que funcionam, logo você acaba vendo a pessoa. Mas basta dá uma olhada, que os dois começam a rir alto, E OLHA QUE DEVEM ESTAR TENTANDO DISFARÇAR, satisfeitos com a conclusão de que alguma coisa foi provada (duro que já levaram isso como prova para vir até mim tentar uma chance, mano..., eu só olhei na mesma direção)
A coisa do cara não olhar e usar o amigo, é meio que uma armadilha, porque se ele olhar, a menina não vai olhar para evitar cruzar o olhar, mas se ele estiver olhando para outra direção, ela vai olhar para admirar... Faz sentido... Se você tiver 13 anos... MAS ISSO AINDA CONTINUA A ACONTECER... me poupa, eu percebo, e fico envergonhada, seus filhos da puta (ao menos não ria e depois ambos me encarem... Isso é chato, meio que confirma que a situação aconteceu... )

Me note aqui

Tem caras que descem o gorila no corpo, acham que batendo no peito, gritando ou fazendo barulho vão chamar uma boa atenção. E aí cai naquela coisa do olhar, se olhou é porquê está interessada. É uma ideia idiota, mas eles amam se basear nisso... Até porque... Você acaba olhando (EU TENHO OLHOS, EU ENXERGO, infelizmente nesse caso)
Os caras sentem que não estão recebendo a atenção que merece, e aí fazem o máximo de barulho que pode, e ai entra motos que parece que o motor vai explodir, carros com som mais alto do que gatos no cio ou sair por ai meio que pulando e falando alto... (caras na academia por exemplo... parecem que estão apanhando)...
...
Logica? Caramba, você está fazendo barulho... Eu vou olhar, a curiosidade humana é mais forte que bode faminto, não tem como... Não é interesse na pessoa ali, mas sim no desastre em volta dela... Carro de som, tocando funk carioca (pior ainda), é a coisa mais ridícula do mundo, a gente olha e ri, ou sente medo de ser assaltada... Não é algo atraente...
Na verdade, isso dá raiva, abaixa esse som, seu barulho de merda está invadindo meu silencio melancólico...



Fingir que é rico

Isso nunca rolou comigo, porque o pessoal daqui é tão pobre, que nem fingir ser rico é possível...
Mas é. Tem caras que fingir ser ricos para chamar atenção de meninas, ou de uma certa menina. Acontece que poder financeiro chama sim a atenção de algumas mulheres. Tem mulheres que querem estabilidade financeira no casamento, e o cara ter dinheiro soa que ele pode ser trabalhador ou ter vida pronta para receber uma família, ou então meninas que querem farra e festa, e nada melhor que um notário para bancar.
Acontece que essa atitude chama atenção de putas, que vão diretamente até a pessoa por causa disso, para tentar "fechar um negócio", "você me dá 'Presentes', e eu te dou atenção", e esse tipo de mulher não valoriza o cara, de fato quem ele é por pessoa, por não conhecer a pessoa e nem ter interesse, mas sim o quando aquele cara pode dar, e elas nem se importam, elas apenas querem os "presentes", e assim o cara nunca consegue uma menina legal. Também correndo o risco de ser desmascarado e virar piada entre putas. (Se uma puta descobre que o cara que anunciou que iria bancar a diversão é alguém duro... Ah meu querido, vira piada! Elas têm ódio, porque para elas é propaganda falsa...)
Já ouvi histórias de caras que juntavam dinheiro, trabalhavam por tempos, apenas para poder ostentar em um dia só, dizendo que isso é para arranjar namorada, e no fim do dia apenas ser usado sem usar.
E é por isso que só otarios dizem que mulher é tudo interesseira... Meu filho, abriu a cerca, as vascas entram e comem a grama toda.


Se oferecer para pagar coisas

Na mesma pasta... Tem caras que acham que um jeito de conquistar ou é comprando a menina, ou se oferecendo como base... Tentando mostrar que é carinhoso através de presentes, e... Cara... Se tudo que você oferece são bens materiais, como ela vai te dar valor emocional?
Quer conquistar a menina dando coisas? De para ela um amigo de verdade, alguém que se interesse em ouvir ela, ou contar sobre sua vida, desde a celebridade fútil, a descobertas diárias, sem tempo e limite... É difícil, porque os caras não tem paciência, mas é assim que se conquista uma mulher que dá valor a momentos
A coisa é que, em uma proposta, para qualquer coisa, até mesmo para um possível relacionamento, você é o que oferece... Por isso o nome “proposta”... Se você se oferece como loja de presentes, isso só atrai quem quer presentes, mas se você se oferece como amigo, só vai atrair pessoas que queiram seu interior... E isso é um risco, porque nem todo mundo vai achar o teu interior atraente... É mais fácil você agradar alguém dando um presente caro, do que contando sua história de vida de uma forma honesta...



Maltratar a mulher

E aí com o machismo moderno nasceu o mito de que se você maltratar ela, ela vai correr atrás de você... Puff
Bem, o machismo tradicional/conservador trata a mulher como uma peça da casa, na qual o homem é a peça da frente, que disponibiliza recursos e serve como base financeira, e tem que dar isso a mulher, para que ela possa dar isso aos filhos.
O machismo moderno trata a mulher como uma boneca, se ela se encaixa numa expectativa pessoal do cara, ela presta e deve ser tratada bem... se não, ela não presta, é puta, e deve ser tratada mal e usada o máximo que puder. (*Deixando por curiosidade). Ps2: Machistas tradicionais costumam ser bancados pela mãe, e não servem como base de família, outra diferença.

A coisa de maltratar também existe na crença (que nasceu baseada em que muitas pessoas se atraem por desafios), de que pessoas difíceis costumam se auto valorizar, e se uma pessoa de valoriza ela de fato pode ter algum valor, e então todo aquele suor vai valer a pena, sendo que isso é uma ilusão. Muitas pessoas difíceis são apenas babacas, com picos e baixos de auto estima, com problemas de se abrir, ou medo de fazer isso, ou então uma falta auto hiper valorização pessoal (que esconde um ego de vidro = o que eu costumo chamar o ego fragiu que caso partido vira milhares de casos que podem machucar a todos em volta)... Resumo: A pessoa de acha demais, mas sem uma base para ser o motivo. Mas a ilusão ainda existe, e as pessoas quando pisam em areia movediça ficam se debatendo achando que tem ouro do outro lado.
Não, mulher não gosta de ser maltratada, e nem homem (a carapuça serve para os dois lados hehehe), a pessoa gosta do desafio, da emoção da conquista, dos altos e baixos do flerte... E aí você esnobando, dizendo hoje não, fazendo cara de cu... que dá uma impressão que tu é uma grande pessoa...
Porque será que relacionamentos que acontecem depois de um começo difícil acabam depois de uns meses? Porque depois da conquista a pessoa percebeu que além da areia movediça só tinha um merdinha insensível e inseguro... E ai a magia que existia na dificuldade acaba...


Elogiando demais

"você é linda, margarida"... Elogio é tipo manteiga, um pouco deixa o pão seco, demais te mata no colesterol, para não dizer que o sabor fica um cu.
A coisa é o contra de maltratar. Você ficar lá, endeusando a mulher, beijando o chão que ela pisa, fazendo de sua imagem o reflexo de lucífer reencarnado em pecado e perfeição... Não faça isso!
3 motivos
Primeiro que acaba com toda a graça do flerte, se só um lado faz todo o trabalho, já querendo pular etapas: de conhecer a pessoa, lidar com defeitos e de entrar em debates que fariam ambos crescerem, para ficar nesse de "você é perfeita", e tentar logo um namoro, torna tudo chato e rápido. Duro que muitas vezes, como eu deixei na ideia, o cara não conhece a moça direito, apenas viu a carne e em alguns momentos que a luz estava boa, e caiu em uma paixão ilusória de acreditar que aquilo é perfeito mesmo, e começa a querer namorar já de primeira.... Mano, essas meninas tudo maquiada, que é educada em público, as vezes em casa peida na sua cara, zoa todo mundo e come feito porca, essa menina apenas toma algum tipo de atitude em momentos sociais... E se você cria una expectativa de perfeição, e se apaixonar por algo que tu praticamente criaste, vai ter uma baita de uma desilusão quando a real imagem dela for descoberta, quando a personalidade dela aparecer em momentos descontraídos (e ainda vai se pôr no direito de achar ruim)
Isso fica de dica, para as meninas que se apaixonam por caras que aparecem do nada fazendo mil elogios... Se esses caras nunca conviveram com sua versão pós-banho de pijama... Acorda menina, é ilusão

O segundo motivo é que isso soa como desespero... Caras desesperados são biologicamente vistos como péssimos provedores, e então péssimos namorados, maridos ou companheiros. Um cara que se joga nos seus pés, chora em momentos idiotas, que te da qualquer coisa... Não soa alguém forte... Logo... Não atrativo
A terceira é a questão da falta de valorização... Quando você não se auto valorizada, ou pior, se trata como lixo, é perola aos porcos, ou melhor dizendo, é combustível a quem ama julgar, vai achar que você não vale nada mesmo, que é lixo mesmo, que não tem nada a oferecer, por isso fica implorando ou elogiando demais... A figura submissa é enojada pelos dois sexos, mas principalmente vinda de homens, na qual se espera que sejam firmes.


Cobrando demais

Quer mostrar que gosta/ama a pessoa... Como? Cobrando dela até ela se sentir desconsertada? Qual a lógica?
Na mesma pasta dos maltratadores, vem aí os cobradores, que parecem aqueles cobradores de ônibus mesmo, que travam tudo se caso algo esteva fora do lugar, e não deixam passar... E até param o ônibus se for necessário...
Por que? Porque tem uma ilusão errônea de que isso é carinho, porque dizem por aí que cuidar é carinho, e o trouxa vai no Freestyle e interpreta como bem entender, e começa a tratar a mulher como cachorro não adestrado...
Quem quer levar um fora? Começa dizendo que preciso perder 1000 quilos para deixar de ser baranga aqui sem parar!


Fingindo ser legal

Aí começa o circo.
A arte de iludir está em um sorriso bonito e em palavras selecionadas, em uma pessoa que se oferece como ombro amigo, que ri de qualquer piada, que vai conquistando aos poucos... E então... Quando coloca a aliança e consuma a relação... A máscara cai drasticamente enquanto o fundo toca violino de uma forma agressiva
...
Alguns caras realmente conhecem as mulheres, e sabem que sua grande maioria é uma montanha russa de emoções e necessidades, e aí o cara entra na dança e fingi, aguenta por anos, e faz ser tudo uma conquista
Depois que o relacionamento começa, depois de consumado, o cara vira o cobrador, porque ele sente que agora é o momento de ganhar por todos aqueles dias que ele teve que batalhar fingindo ser quem não é, e nesse o cara deixa a máscara cair, e finalmente a mulher conhece o cara... Mano, imagina o mar de emoções... Você era uma moça na qual abriu seu mundo e prometeu acreditar em alguém, e ai descobre que esse alguém não é esse alguém, esse alguém talvez nem existiu, e fica em negação, porque está apaixonada... Por alguém na qual tem que abrir os próprios olhos, os mesmos que viu toda a encenação, que acreditou no amor em drama... era um personagem!... Tudo foi uma mentira... Meu filho, para algumas mulheres essa reviravolta é como pólvora na mão de um terrorista


Fingir que é gay
(lembra dessa cena? Em "Eu os Declaro Marido e… Larry")


Ter um amigo gay dedicado é luxo para muitas mulheres.
A coisa nasceu graças a filmes e patricinhas reais que tinham algum gay no meio de suas putas preferidas. E aí o estereótipo do melhor amigo gay nasceu, tal estereótipo magoa e irrita profundamente gays, que vivem sendo puxados para amizades, no intuito de serem encaixado em expectativas criadas por outras pessoas.
No outro lado tem o fato de que gays fazem parte do universo feminino, e muitas mulheres vem como um tipo de mulher com pernis e sem hormônios femininos, mas com emoções femininas... Ou seja, uma amiga, que não entra no estereótipo ruim de ter uma amiga mulher por perto (invejosa, vingativa, pega marido), e que entende emoções femininas.
E aí as meninas se entregam, se abrem, choram, deixam de ver em qualquer ângulo... E tem caras que aproveitam isso, aproveitam para se aproximar ou se aproveitar...
E cara... Isso é cruel
...
Entra também do fingir ser legal, na hora que a mulher descobre que o amor era uma mentira desce a Montenegro no corpo


E moças, gays não são servos do drama, eles não foram criados para pentear seu cabelo enquanto você chora expondo todas suas depressões, as vezes eles querem ser a menina mimada e chorar... As pessoas tem uma vida além de suas necessidades estereotipadas (e tem muita gay que é mais fofoqueira que velha aposentada que mora em lado de adolescentes) 

17 comentários:

  1. Acho ridículo os homens tentarem chamar atenção fazendo barulhos, tipo '-', q?? Acho q essas coisas de máscaras é a maioria dos relacionamentos de hoje em dia, você acha a pessoa "perfeita", mas ela não era tudo aquilo e se mostra quem é aos poucos, acho que estou vivendo isso, ou criei expectativas demais :v

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Relacionamentos hoje em dia é o que fica mais bonito em um post de Facebook, e não a real convivência... Mas tudo bem, parece que o povo gosta dessas ondas de "achei meu amor!" "SOLTEIRA" "achei amor, agora vai!" "solteira! Melhor só do que mal acompanhada" "estou amando pela primeira vez! Namorando! (depois de uma semana se conhecendo)" "achei que podia confiar... SOLTEIRA!" ....

      Excluir
  2. Eu lembro que na época da escola FAZIAM MUITO isso de se oferecer pra pagar as coisas, normalmente era lanche. Mas só pagavam pras popularzinhas ou padrãozinhos, e elas aproveitavam, CLARO. Eu torcia meu nariz, não porque nunca pagaram pra mim (quem ia gastar 2 reais com a "mais feia" da turma mesmo?) mas porque eu achava ridiculo mesmo tanto quando faziam isso com qualquer popularzinha ou bonitinha mas principalmente como elas tiravam proveito deles, algumas falavam "ain fulano vai pagar meu lanche hoje????" numa voz bem nojinho, ARGH. Elogiar demais eu acho uó, esbanja falsidade de um jeito que enoja, maltratar e querer controlar piorou (e aqueles que ficam fazendo mil elogios pra mina aí veem que ela não deu atenção, deu toco ou só não quis mesmo aí de repente é "puta", "vagabunda", esses deveriam ser extinguidos do planeta)!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também ja ganhei títulos negativos na época de escola, e ja fui considerada a mais feia, sendo que eu mal mostratava a cara por lá (adolescentes não tem coração)

      Os caras guardam rancor mesmo, se eles não ganham algo que eles acreditam que merecem em troca, sendo que eles estão dando e oferecendo, por pura e livre vontade...
      Da a entender esses putos?

      Excluir
  3. Eu andei lendo seu blog e achei extremamente errado você se considerar feminista e chamar mulheres com nome vulgares como "puta",mesmo que você não concorda com essa conduta não deveria generalizar tais mulheres e ofender dessa forma ainda mais se considerando feminista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem que entender que essas palavras tem significados diferentes para mim... É gíria jovem
      Puta é mulher (ou até homem) com atitude vazia e barata, vadia é mulher com atitude demais (bom ou ruim)... É só entrar no espírito do texto e do blog que tu entende, eu não mantenho o mesmo sentido machista de que são coisas relacionada a mulheres sexualmente liberais
      And...
      Eu não me identifico com feminista moderna, essa galera que fica medindo coisas, tudo na sensibilidade, de que não pode falar nada e nem olhar torto, porque é ofensivo... E ai querer reprender pessoas que se expressam fora da orbita pre estabelecida e ai querer até censurar

      Ofensivo pra mim é meu pau
      Tem que criticar tudo mesmo, tem que xingar as coisas sim, é errado! Mulher que se aproveita de cara é o que?
      Mulher que troca atenção por "presente" é o que?
      Hum?

      Não vem parar essa vadia aqui naun hehehehehehhe

      """"extremamente""""
      R E A L Y
      extremamente errado pra você é isso?
      Minha nossa... Tem que coar agua pra tu beber? Que sensível...

      Excluir
    2. Espero que tenha entendido o que quero dizer... Não é querendo ofender ninguém por causa do gênero, é meu modo de expressar (eu xingo todo mundo aqui, até eu mesma)

      Excluir
    3. Você diz que tem significado diferente para você,ok e depois explica de uma forma confusa o mesmo sentido,não entendo.
      Todas as pessoas têm direito de expressão assim como você pode chamar mulheres de puta e vadia outras podem dizer que é errado e ofensivo.
      Eu nem ia responder isso mas ok na minha opinião essas mulheres são mulheres que fazem o que bem entende de suas vidas,se elas querem dar atenção em troca de presente,são livres para isso,assim como homens também são livres para dar tais presentes em troca de atenção o engraçado é que todas as pessoas falam mal de mulheres que fazem isso mas não se homens que ficam com mulheres apenas por luxuria, mas isso é outro departamento.
      Sim para mim é extremamente errado se dizer feminista e agir assim ir de contra com a própria ideologia me parece um tanto estranho no mínimo,não está me ofendendo me chamando de sensível apenas assim como você estou me expressando,temos todos o direito de expressão certo?
      Não dar para entender se você se contradiz o tempo todo,não me leve a mal não quero brigar apenas discutir,da próxima segue só uma linha de raciocínio.

      Excluir
    4. Você é nova aqui, certo?

      Eu nunca disse que me encaixo na ideologia atual feminista, nunca me coloquei a defender essas coisas, só da uma olhada no meu blog, ou no meu histórico de 6 anos (critico homem e mulher, tudo puta)... Na verdade, eu sou contra esse tipo de feminismo

      Quando eu disse que me colocava como feminista, quis dizer que apenas defendia os direitos das mulheres, direitos civis, de ir e vir... Já os "direitos sociais", essas coisas, de fazer as coisas sem ser julgado, eu nunca levantei essa bandeira
      Feministo atual faz isso, demoniza opiniões apenas para não constranger ninguém das próprias ações, você não pode negativar a ação de ninguém, torna-la consciente do que está fazendo, que logo é errado por aqui... Hey... Eu nunca apoiei isso

      O significado (dessas palavras) é diferente do que as pessoas mais conservadoras pregam (isso que eu disse), mas sempre aconteceu isso, na verdade, foi criado esse novo nuance de significado com as feministas da onda anteriora, Madonna, Xtina, Britney, que se chamavam de vadias e livremente se expressavam e xingavam umas as outras
      Essa onda atual é sensibilidade, não pode olhar torto para uma mulher em ação, que você está a oprimindo, sendo que na onda anteriora as mulheres pregavam se ferrar para o que dizem e seguir em frente... Agora é policiar tudo o que dizem

      Agora eu estou usando meu direito de expressar a sua expressão (tem disso), ainda mais no meu espaço, usando as minhas palavras
      Liberdade tem vários lados, você pode ir la e se expor, fazer o que quiser, mas as pessoas também tem de se expressar a você, de achar que você é alguma coisa baseada no que acreditam, eles não podem te impedir, mas você não pode as empedir de dizer o que acham da tua escolha... Criar um senso de que é errado apenas porque pode magoar ou ofender é dar a hipocrisia um novo nuance

      TODO MUNDO FALA MAL DE HOMEM QUE DÁ ATENÇÃO EM TROCA DE PRESENTE, caramba, e esses caras só conseguem se envolver com mulher mais velha, ou com outros homens, e são chamados de mil coisas...
      Só é errado olhar torto pra mulher... Por ser mulher... Por causa do genero

      O que é contradição pra tu?
      Não seriam coisas apresentadas como fato que se chocam? Quando eu disse que sou esse tipo de feminista? Sendo que eu vivo criticando isso, quando eu disse que não é okey criticas, quando eu defendi apenas um lado sendo que o outro faz o mesmo?

      Eu vejo isso apenas como sua opinião, nada de errado a isso, mas que vai de contra o que eu prego... No meu blog

      Minha linha de raciocínio é liberal... Odeio policiamento baseado em inseguranças e sensibilidades de apenas algumas pessoas... Ainda mais por causa do genero

      Pra mim é errado relações superficiais, pra mim é errado carinho em troca de dinheiro, vejo duas pessoas fracas em ação, uma que não consegue conquistar carinho real (ou dar valor), e outra que colocar preço em si mesma... Eu opino, eu julgo, mas não impeço ninguem de fazer
      Se alguem se sentir mal, é consequência, palavras do tipo não podem te parar, mas podem te fazer pensar no que está fazendo, te tornando consciente do outro lado
      Diferente de agredir verbalmente... Eu estou dizendo... Mulher que se vende é puta (vazia e barata), não estou indo até ela e gritando contra elas... Se ler o post e sentir a minha vibe, vai ver que é leve e ironica, bem longe do que você está trazendo... Quer relembrar o que é sensibilidade?

      Extremamente errado para mim é criar um novo nuance para hipocrisia baseada na sensibilidade de algumas pessoas, ainda mais se baseando em uma caracterisca, no caso, gênero

      Excluir
    5. Sua referencia feminista são cantoras pops? Ok.
      Você acha mesmo que chamar mulheres de puta vai fazer elas pensarem em suas ações?
      Quem está falando de sensibilidade é você,como eu disse apenas estou expondo minha opinião,como você,não é porque estou dizendo que não concordo com você que sou sensível que irei fazer textão,estou chorando abraçada com meu urso de pelúcia ou qualquer coisa que você considere sensível.
      Enfatizo a dizer que cada um pode fazer o que bem entender se suas vidas inclusive vender o corpo.

      Excluir
    6. Ué...
      Não moça, isso é em referencia ao uso de palavras... Pessoas populares moldam o vocabulário vulgar, por causa se suas influencias, fazem girias ou termos se tornarem populares e então adotado por pessoas comum, como o uso de palavrões como outros contextos...
      Recalque por exemplo, significa guardar tristeza, e as pessoas usam como alguma coisa haver com inveja (o sentido ficou aberto hehhrhehe) por causa de funkeiros populares

      Vadia é pessoa sem rumo, usavam para definir mulher sem modos, essas pessoas populares fizeram se tonar definição de mulher "cheia de atitude", puta tem haver com mulher que se vende, usavam para definir mulher que dorme com qualquer um, e as pessoas populares fizeram isso ser... Qualquer pessoa que te desagrade...
      ...
      And... Você que vê a palavra como uma agressão e algo extremamente errado, isso é sensibilidade, não tem outra
      ...
      Mano, as pessoas podem fazer sim, qualquer um... Mas as pessoas também tem de opinar, e do modo que elas sentem que devem fazer, independente de isso poder """agredir""" pessoas, e eu enfatizo isso ué... Ué?
      ...
      Pra mim nem estamos falando de feminismo em si, mas sim em policiamento de expressões,e sensibilidade...

      ...

      Excluir
    7. Então você esta dizendo que pessoas famosas moldam o seu vocabulário?(você é muito jovens)

      Então quer dizer que só porque eu acho que você está errada sou sensível?,a vida não funciona assim.

      "palavras do tipo não podem te parar, mas podem te fazer pensar no que está fazendo, te tornando consciente do outro lado" voltando a perguntar,sério que você acha que falar aquilk vai fazer alguma pessoa repensar na sua vida?

      Não é bem assim que a vida funciona,não temos o direito de falar tudo que pensa.

      Então você não sabe o que é feminismo.

      Excluir
    8. - sim, infelizmente sim, hehehehhe, se a coisa pega, a coisa acontece, muita coisa vulgar e informal que a gente fala foi alguém influente que falou, e tais influencias são gente bosta, sabe, celebridades de barraco e drama

      - Não, mas a forma que você expressou sim, porque deu a entender que você quer que não seja dito porque pode oprimir alguém, meio que fazer da palavra "puta" algo normal tiraria a liberdade sexual das mulheres
      e ai eu te digo... NÃO
      ~ o que "des-demonizar" as coisas é normaliza-las, se as pessoas começarem a usar uma palavra entre elas de boa, ela perde o sentido original, como "viado", que a cada dia é mais usado, e deixou de ser uma ofensa pesada, porque os gays começaram a chamar livremente a si mesmos disso, e ai perdeu o sentido "original"
      Vadia é um exemplo, se você chama uma mulher moderna de vadia, ela apenas olha com desdem, e diz "sou mesmo, algum problema??", ao não ser que você seja uma "feminista" SENSÍVEL A PALAVRAS, pois quando cantoras passaram a usar, e logo as pessoas normais, vadia perdeu o sentido, e virou outra coisa qualquer
      ~ Logo se chega na conclusão que o vocabulário usado no dia a dia é mutavel, que se encaixa no estilo de vida e econômico... Logo ficar demonizando coisas as torna mais... uhmm... pesadas, e liberar, ir de frente, não ser sensível, tira o sentido negativo

      Mesmo coisa com estilo, no momento que as pessoas perdem a vergonha e começam a levantar como algo comum, ou um orgulho, perde o sentido original negativo. O contrario acontece, se vocÊ começa a usar algo num sentido negativo, pega... Mas para que deixar assim?

      Sensibilidade é como... uh... você não querer entrar na piscina com água quente porque não esta acustumada e se nega a experimentar, policiamento é querer que ninguem entre na piscina e passem a olhar torto para a água quente, porque na sua pele queima
      Tem gente que gosta de agua quente
      Tem gente que vai pular na agua e espirrar isso em vocÊ
      Direito seu se sentir mal com isso, não ha nada de errado em ser sensível... Mas ha algo de errado em querer proibir os outros de "entrar na piscina", só porque na SUA pele queima
      Mas ai entra em questão se insensibilidade

      - Pior que sim, quando você para alguém, e fala algo que a deixe ciente de seu ato, ela repensa, ou te odeia por isso... se alguem toma coisas e ninguém fala nada, ela continua, se eu chego até ela e digo que ela não presta, ou falo publicamente que tal ato é coisa de gente que não presta, ela pode olhar para o que esta fazendo, ou então me odiar por fazer ela ficar ciente de seu ato
      ~ Expor situações, até mesmo ao ridículo, é um tipo de protesto, isso traz a tona discussões, discussões mudam o mundo, MAIS QUE CENSURA,
      Eu e vocÊ estamos aprendendo nesse momento sobre nossos lados e nuances, e isso ajuda, com o tempo, ajuda, mesmo que seja apenas para deixar ciente que nossas ideias não são as unicas nesse mundo
      ~ O mundo muda assim, expondo coisas, discutindo, e até expondo ao ridículo
      Muita gente muda ao ser exposta ao ridiculo e então estar ciente de seu ato como algo negativo, e então o porque disso ser negativo

      - Na verdade sim, as pessoas podem dizer tudo, não tem limites, e nem deve ter
      Assim como consequências, elas não tem limites e nem regras
      Minha consequência de expor minhas ideias do meu modo é pessoas reagirem, descordarem ou concordarem comigo, me chamarem a atenção, ou me expor ao ridiculo algum ato meu...

      - Feminismo? Qual? Tem tantas vertentes...
      Umas preferem lutar por causas civis, outras apenas ficam checando palavras
      Tentar censurar palavras atravez de criação de um novo nuance de hipocresia, baseado em genero, não é igualdade... é ideia de esquerda hehehehe

      Excluir
    9. faz muito tempo que eu não me chamo de feminista, desde que ser feminista se tornou sinônimo de mulheres que lutam para proteger o ego, e não reais problemas... desde quando elas aceitam a questão de mulheres serem obrigadas a usar hijab, mas não o fato de que haverão pessoas no mundo que não vão te achar atraente
      Feminismo para mim é você poder chegar em algum lugar mesmo tendo uma vagina... E não sua vagina ser uma desculpa para não ser exposta a criticas, para mim... bem, a internet chama isso de "feminazismo" :/

      Excluir
  4. Cara. O primeiro me lembrou de algumas situações, mas a mais recente, onde exatamente isso acontecia e ficavam rindo, isso é uma especie de cantada ou uma jogada? Eu achei que era só retardamento de moleques.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ja vi muito isso de ficarem rindo igual umas hienas endemoniadas inclusive na faculdade (la era cheio desse tipo mas acho que eu fui meio burra em esperar gente madura ali), eu me sentia SUPER DESCONFORTÁVEL e as vezes até saía de perto porque além de RIDICULO, incomodava.

      Excluir
    2. Não é cantada, cantada é te dizer que é bonita, inteligente ou interessante

      Isso ai é jogo, pra saber se tu ta interessada ou não, e eles usam como pontos, tipo... "mano, olha quantas garotas estão interessadas em mim! Eu sou garanhao!" Baseado apenas em olhares

      Tem caras que passam na minha frente, até puxaram o tecido da minha blusa, ou gritam, ai olhou... PONTO!
      É muito chato, o cumulo de imaturidade
      Pior que tem caras que acham que quando a gente ri é porque está gostando, sendo que a gente ri em cada situação, constrangimento, medo e nervosismo acontece

      Antigamente eu ficava congelada, todo mundo normalmente fica, a gente fica sem reação, mas hoje em dia eu tento xingar, mandar tomar no cu, ou fazer a pior cara que eu consigo... Resultado? Me julgam como antipática ou doida, mas é melhor do que deixar eles acreditando que ganharam alguma coisa

      Excluir

✵ Sou a favor da liberdade de expressão então se expresse como você quiser ✵

❤ Você pode discordar de mim, pode defender sua ideia, mesmo sendo contraria a minha, mas entenda que é meu blog, e eu vou defender minha ideia até o fim. Eu apenas vou recuar caso tenha percebido algum erro ou equivoco meu. Então essa é sua chance, seja claro e aberto. Todos são bem vindo... Menos pessoas sem emocional para lidar com opiniões diferentes e descem a xingamentos e ameaças ❤

☞ Mas evite ser desnecessariamente rude, pois eu respondo os comentários com o mesmo peso da sua, respeito é sempre bom, você pode discordar de mim, eu não sou dona da razão, mas você também não é. Lembre-se, o blog é meu ☜

♛ Evite por spans, se for para vir comentar que seja porque você tem interesse na postagem e não por auto-divulgação ♛

( ͡° ͜ʖ ͡°) Comentários sexualmente explícitos e vulgares são excluídos ʕ・ิɷ・ิʔ

✎ Existe uma opção de receber respostas pelo e-mail evitando ficar visitando meu blog para ver se obteve resposta (e evitar gerar números falsos), o nome é “notifique-me”, as respostas irão para o seu e-mail (para desabilitar ficar recebendo respostas, a opção está no e-mail)

⚛ Isso é um blog de opinião pessoal. Não é "site de noticia", não é propriedade de ong ou empresa comercial, logo não precisa ser imparcial ou seguir alguma regra de alguma empresa ou pessoa privada alheira. Eu sou apenas uma pessoa aleatória, sem importância social, que escreve nas horas vagas ⚛

"EU DISCORDO DO QUE VOCÊ DIZ, MAS DEFENDEREI ATÉ A MORTE O SEU DIREITO DE DIZÊ-LO" - Voltaire

Mais regras aqui

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...