sexta-feira, 16 de junho de 2017

O caso do "menino" tatuado na testa: Justiça com as próprias mãos pode?

Eu não comentei sobre o caso tão rápido porque eu estava duvidando muito da história, e olha só, até agora teve diversas reviravoltas, e ainda soa surreal

Ficou sabendo?
Um jovem teve sua testa tatuada a força, o que primeiramente teria sido vingança de uma tentativa de roubo frustrada, com a frase "eu sou ladrão e vacilação"...
O que pensa sobre isso?




Primeiro, o que aconteceu:
Um tatuador encurralou e tatuou a frase na testa desse jovem:


O caso viralizou, e inicialmente foi exposta a história de que esse jovem teria tentado furtar o equipamento de trabalho do tatuador que fez a tatuagem, mas não teve êxito, foi pego no pulo, e então o tatuador teria ido se vingar, marcando para sempre no rosto do jovem aquele momento.
O tatuador foi entregue como herói, pois ele teria feito o que muitos injustiçados, que tiveram dinheiro ou material de trabalho roubado, queriam fazer... Ou então como alguém que exagerou e passou do ponto.

O tatuador foi preso, e o menino desapareceu. (fonte)

Quando se é vítima de uma tentativa de roubo, e você consegue pegar a pessoa, é protegido por lei você se defender, e então segurar o ladrão até que a polícia chegue e efetue a prisão. Porém o que o tatuador fez passa a ser tortura, ele foi de vítima a bandido, pois ele fez cárcere privado e tortura! E ainda filmou e colocou na internet, juntando mais um... Estava constrangendo o jovem (ele tem 17 anos)

Sim, ele poderia ser ladrão, e todo mundo que vive nesse mundo real sente uma raiva de pessoas que tiram o fruto de trabalho honesto... Mas a lei existe por uma série de coisas, uma delas é garantir que todos tenham um direito de julgamento e defesa (aonde provas serão mostradas, e à partir daí um julgamento em um lugar controlado) e outra evitar que uma anarquia se inicie, tal anarquia começaria quando todo mundo der na cabeça que pode fazer o que bem entender, antes mesmo antes de dar chances as partes de se defender. 

Okey, e nós trabalhadores... Temos direito? “Só no papel”, sabemos que as coisas não andam bem, que se caso a polícia pegasse o jovem no tal ato, ele ainda seria preso, e o estrago não seria ressarcido. Porém jogar os papéis para cima não é uma solução, e esse caso mostra um tanto disso.

O que realmente aconteceu
O moleque de 17 anos, é sim acusado de ser ladrão, de uma bicicleta, ele teria roubado a bicicleta de um deficiente físico (fonte) e não de um tal equipamento de trabalho de um tatuador. O tal herói e seu parceiro não são flores que se cheirem, na verdade, um deles tem passagem na polícia (fonte), pelo mesmo motivo que teria o feito agredir o rapaz. E o ato aconteceu de fato (pegaram o menino no flagra e tatuaram a testa dele).

O jogo então virou, colocaram o menino como vítima total da situação, usaram problemas mentais da parte do menino para justificar o roubo, fizeram os caras que o tatuaram soarem como monstros e ai transformaram isso em ponte de brigas politicas.

Outras coisas que acontecerem
Houve um movimento para arrecadar dinheiro para tirar a tatuagem, que deu maior drama
Primeiro que o movimento foi acusado de ser uma fraude, nada oficial, alguém fez e pelo jeito sumiu com o dinheiro (tem gente que afirma que a campanha é real)
Mas conseguiu arrecadar mais de 15.000 reais

 Segundo que todo mundo usou isso para apontar que as pessoas se importam mais com um ladrão do que com reais motivos:


Sendo que isso teve tanto dinheiro arrecado por causa da grande divulgação e exposição, e também por orgulho político.


A coisa é...
Tudo bem fazer sua parte, segurar o ladrão até a polícia chegar...
Tudo bem se defender, defender sua vida, e seus ganhos....
A coisa é.... Virar o bandido é o cumulo
Bater é uma coisa, humilhar é outra, torturar está em outro patamar, bem no lado do mal. Tatuagem não sai, sabia disso? Você está marcando no corpo de alguém um momento, e essa marca ficara para sempre, mesmo que ele o tire, vai ficar cicatriz pelo resto da vida.
E dizem, “mas isso ajuda, fara ele lembrar todos os dias a não roubar, a ter vergonha do que aconteceu”, mas isso é contra a lei, quem somos nós para decidir individualmente a melhor punição para alguém?
“Mas ele decidiu me roubar, isso vai de contra minha liberdade”, sim cara, é horrível ser roubado, um grande constrangimento, não é à toa que as pessoas sentem raiva... Mas você não pode TORTURAR, a lei não deixa!

Olha por esse lado... Você acha que o delinquente vai aprender? Logico que não, ele só vai sentir raiva, ele apenas sabe o quanto perdeu, e não o quanto tirou, e não é tirando coisas deles que eles aprendem, é ensinando a dar valor ao trabalho, ao o suor diário... Mas isso dá trabalho, pois é necessário a sociedade se mobilizar, e as pessoas tem coisa demais para fazer, como se esquivar de bandidos
...

A pior coisa da justiça com a próprias mãos é que pode acontecer esse tipo de coisa, exageros, para não falar quando pegam inocente (pois muita gente julga em momentos de raiva, resultando muitos casos tristes, como pessoas que são confundidas com bandidas, mas apenas estavam no lugar errado)... Se quem mudanças, tentem fazer isso pela sociedade, debatendo, indo atrás (sei que não anda funcionando muito), mas não tornem isso pior... Um xiqueiro de tapas para todo lado...

É só para ter um ideia de o quão isso dá errado... O menino tem chances de sair dessa como herói e com um bom dinheiro no bolso, e receber ajuda de muita gente por anos...
Se caso isso começar, os ladrões viram vitimas, e quem acha que está bancando o herói, vai apenas ter que trabalhar mais para pagar indenizações... 

Olha por outro lado, e se o menino quiser mudar, como seguir em frente com uma cicatriz eterna na própria cara, como ver uma nova pessoa no espelho com uma enorme marca do passado no rosto? O nosso rosto é a primeira coisa que a gente vê todo dia quando acorda... Consegue ver a gravidade disso?


2 comentários:

  1. Toda vez em que eu vejo esses casos de justiça com as próprias mãos eu só acho que no final acaba mostrando muito mais sobre a índole do "heroi" (e de quem aplaude e divulga comemorando) do que de quem aprontou, as vezes pra mim parece que é como se estivessem esperando por algo assim acontecer pra ter justificativa pra fazer uma maldade (e baita maldade essa) com o outro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma pessoa que age através raiva dentro de si não é um herói. Hero são pessoas que trazem justiça, e não que destroem em nome de emoções rasas...

      Mas as pessoas estão malucas e com medo, muita coisa está acontecendo, e a justiça social está quebrada em vários pedaços, nas quais não funcionam... E ai aparece alguém que machuca alguém que faz um mal que todo mundo anda sofrendo, e acontece algo... A pessoa vira um falso herói porque fazem daquilo um ato simbólico, fazem do ladão um simbolo de todos os ladroes e momentos nas quais as pessoas tiveram que passar, e o cara que machuca o ladrão como representante de suas mãos... Uma vingança...
      ...
      Mas...

      Excluir

✵ Sou a favor da liberdade de expressão então se expresse como você quiser ✵

❤ Você pode discordar de mim, pode defender sua ideia, mesmo sendo contraria a minha, mas entenda que é meu blog, e eu vou defender minha ideia até o fim. Eu apenas vou recuar caso tenha percebido algum erro ou equivoco meu. Então essa é sua chance, seja claro e aberto. Todos são bem vindo... Menos pessoas sem emocional para lidar com opiniões diferentes e descem a xingamentos e ameaças ❤

☞ Mas evite ser desnecessariamente rude, pois eu respondo os comentários com o mesmo peso da sua, respeito é sempre bom, você pode discordar de mim, eu não sou dona da razão, mas você também não é. Lembre-se, o blog é meu ☜

♛ Evite por spans, se for para vir comentar que seja porque você tem interesse na postagem e não por auto-divulgação ♛

( ͡° ͜ʖ ͡°) Comentários sexualmente explícitos e vulgares são excluídos ʕ・ิɷ・ิʔ

✎ Existe uma opção de receber respostas pelo e-mail evitando ficar visitando meu blog para ver se obteve resposta (e evitar gerar números falsos), o nome é “notifique-me”, as respostas irão para o seu e-mail (para desabilitar ficar recebendo respostas, a opção está no e-mail)

⚛ Isso é um blog de opinião pessoal. Não é "site de noticia", não é propriedade de ong ou empresa comercial, logo não precisa ser imparcial ou seguir alguma regra de alguma empresa ou pessoa privada alheira. Eu sou apenas uma pessoa aleatória, sem importância social, que escreve nas horas vagas ⚛

"EU DISCORDO DO QUE VOCÊ DIZ, MAS DEFENDEREI ATÉ A MORTE O SEU DIREITO DE DIZÊ-LO" - Voltaire

Mais regras aqui

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...