sábado, 2 de setembro de 2017

O demônio de neon: A beleza estava dentro dela



Bem, alguém aqui tinha me indicado esse filme, e como não achei no NetFlix deixei marcado em um lugar para tentar assistir mais tarde, deu um tempo livre para mim e eu resolvi assistir, e fiquei numa mistura de maravilhada e chocada...

Para quem não assistiu, é um filme muito artístico que retrata sentimentos e faces num universo fútil e simplista, e o filme conseguiu passar a mensagem muito bem



Bem gente, tem que avisar, porque né, então, isso aqui vai ter Spolers demais, para quem está interessado em assistir ao filme e quer a novidade, sentir o gosto do pão quentinho do que já todo aberto e com os miolos analisados, vai procurar uma crítica ou analisa profissional na casa da puta que te pariu em outro lugar, porque vocês sabem, eu não sei ser imparcial se eu já tomei uma posição sobre um assunto... Olha para esse blog, o fundo é de oncinha rosa, aonde isso poderia ser profissional?

Mas enfim, a pessoa que me aconselhou a ver foi a Psique, e eu agradeço, é um filme muito interessante...
Ai já aproveita para avisar que, para quem quer ir assistir, que esse filme é totalmente artístico, ele usa de metáforas, nada é dito diretamente, o filme é basicamente um quadro com cores de um desenho que pode soar confuso e um poema sem rimas, que para entender tem que olhar o quadro juntamente, então se você curte ação ou coisas do tipo, aonde as coisas ficam diretas e claras aos seus olhos, você vai realmente odiar esse filme, porque não vai absorver a mensagem dele...
...

Esse filme poderia ser fútil, pois a base da história é, é só sobre uma menina que perdeu os pais, ficou perdida, e ai viu que teria que se virar nesse mundo, ela chegou numa conclusão de que a única coisa que ela tem é ser bonita e decidiu ser modelo (muitas meninas tem essa mesma ideia equivocadas sobre si mesmas, e sobre a carreira de modelo), tudo poderia ter sido um fiasco, mas ela conseguiu chamar a atenção de um jeito que a colocou no centro da cena, e acaba causando inveja e admiração extrema. E é nisso que o filme se foca, nessa atenção que ela recebe, e o como as pessoas em volta dela reagem a essência silenciosa da menina, e como isso chama atenção de pessoas toxicas, porque né... Olha o ambiente que ela resolveu parar...
A direção de imagem foi bem detalhista com as cenas, deixando as emoções também fazer parte do cenário, brincando com as cores e com detalhes que não passam despercebido.
Uma das cenas mais memoráveis é quando ela passa por uma transformação emocional em sua personalidade, ao ser escolhida para ser a chave de ouro de um desfile, ela entra nela mesma, que é aquela cena da pirâmide invertida, o azul representa sua inocência, na qual ela desfila a demonstrando, dor, confusão e ingenuidade... e o vermelho a sensualidade tomando conta dela.

Na parte que ela está dentro da pirâmide, é uma ilustração da nova personalidade nascendo, quanto a velha observa o “vermelho” tomar conta

Isso também representa que o vermelho sempre existiu, ela parece ser inocente, e até é, porém debaixo da pele e da aparência de uma doce menina pura, tem alguém sensual e que sabe muito bem o que quer, e tudo que ela precisa fazer é colocar o vermelho para fora, e ter equilíbrio entre a dualidade que ela vive.

Ela precisava disso, ela é uma menina jovem no meio de hienas que se alimentam dos restos da moda, e a inocência dela é uma inimiga dela... Porém... é a maior aliada... Mas de um jeito ruim... Como explicar?
Tem uma cena que a galera estava lá sentada em um restaurante conversando, no meio da conversa, o agenciador disse que a beleza natural era mais perceptível que a beleza comprada, e por isso era melhor, porém o amigo da nossa jovem discorda, e o agenciador diz que foi a beleza da menina que chamou a atenção, e dá a ideia que se ela não fosse bonita, ele jamais teria olhado para ela, ele fica chateado com isso...
Ai quem vê o filme superficialmente acha que é isso mesmo, que o diferencia dessa menina é apenas a beleza, mas não é. Você precisa prestar a atenção na mensagem do filme, como eu disse, ela tem uma essência silenciosa, que foi o que os fotógrafos notaram, o diferencial dela está no olhar, no comportamento, em sua aura... As outras modelos são vazias, cansadas e fúteis, já a nossa jovem moça é ambiciosa, cheia de esperança e muito inocente, e isso se reflete em seu olhar, em seu corpo, gerando inspiração e curiosidade no em volta.
As outras modelos não entendem isso, não entendem o que ela tem, não entendem essa essência, acham que ela apenas é por ser... Cara, ai que está, muita gente que sente inveja de alguém ou algo não entende o como isso funciona, a pessoa não sabe, logo não sabe fazer igual, ou ao menos conhecer para poder escolher se quer isso para si ou não, a pessoa invejosa apenas vê o mundo de um modo simplista, acha que as outras pessoas simplesmente têm (não conhecem seu trabalho, toda a dedicação por traz e a estrada e não sabem como elas funcionam), e aí se sentem frustradas por não ter, e ai dá na mente em tirar para fazer justiça a elas mesmas.... Entende?

Tipo, pensa comigo, se for apenas ser bonita e jovem, qualquer menina jovem teria aquele lugar, mas não é, e isso que deixa as outras perplexas, elas ficam o filme todo se perguntando “o que tem nela?”, mulheres perfeitas, com experiência e corpos desenhados para estar naquele lugar, não faz sentido nenhum elas se sentirem inseguras por causa de uma menininha que fugiu provavelmente de algum abrigo... Viu só? As pessoas se põem nessa situação, de se sentirem inseguros sobre algo que não conhecem, de ficar olhando para o osso no outro cachorro, e então babar em cima do próprio osso...
As pessoas fúteis do filme não entendem a juventude e a sensualidade que aflorava na garota, não conseguem ver a linguagem corporal dela, de ela não ter medo por não conhecer o perigo e der confiar demais por não conhecer os outros perigos. Isso mostra várias vezes, no quão ela confiou nas pessoas no filme (e o quão isso foi um prego no caixão para essa personagem), ela confiou no fotografo que a despiu e mostrou isso em seu olhar e nas fotos, confiou nos “amigos” e... Quem viu sabe o que aconteceu...
Mano, a mesma inocência fez a maquiadora de defunto se apaixonar pela nossa jovem, ela queria tocar, sentir o gosto, da essência da garota... (e foi descontar em um defunto... Okey, okey heheheh)
As outras modelos consomem o corpo da jovem (EU ESQUECI O NOME, OKEY? Aí estou chamando de jovem), porque querem a essência dela para si, e olha só... Uma delas sentiu tanta confiança que conseguiu um trabalho e a outra ficou perturbada rejeitando a essência e a presença dela...
O canibalismo é outra simbologia forte, de a pessoa desejar tanto, a ponto de “literalmente” a colocar para dentro, de comer... E ai sentir a pessoa nela... Entende?
...
Uma outra coisa que o filme traz é a crítica social de que todos querem um pedaço de você, ainda mais se você for notável... Nem o cara, o amorzinho dela, escapa, ele só está ali a ajudando porque ela pode dar uma carreira de fotografo para ele, e ele quer dar uns beijinhos nela, ele não a apoia de graça, apenas para a ver feliz, porém ele é um dos personagens mais verdadeiros, porque ele sai quando vê que ela está se transformando.
Muitas “amizades” são assim, as pessoas só são amigas porque querem alguma coisa do outro, ou porque o outro pode dar alguma coisa, e não porque gosta da pessoa...
Você não pode confiar em ninguém, e isso fez eu me sentir muito desconfortável nesse filme, de como todo mundo no filme quer devora-la e deflora-la. De como as pessoas não conseguem enxergar a beleza, mesmo que ela esteja florescendo em seus olhos, elas só querem consumir ou destruir para não ser ofuscado...
...
Mas se você chegou até aqui e não viu, e quer ver, só lembre-se do que eu disse, esse filme não é para o público de filmes de ação, comedia e etc, e sim para a galera que gosta de metáforas, de ver simbologias na doença ou se sente atraído por fotos e poesia (ou quebra cabeça), pois se você gosta apenas do entretenimento mais comum, vai acabar não pegando todas as mensagens, que tem mais do que as que eu falei aqui, e acabar vendo só a parte superficial, da menina que quer ser modelo e se ferrou, e olha no que deu... O filme não é só apenas sobre futilidade, mas sim tem o foco no desejo doentio pela beleza silenciosa...
...
Esse texto não foi lá uma crítica, e sim uma análise, mas dou lá umas 4 estrelas, o filme não é perfeito, mas a mensagem ficou bonita e foi muito bem passada

(só sei que o filme atiçou demais minha fobia social... Juro que estou sentindo que alguém está planejando me esquartejar agora... Valeu Psique... hehehhe)






________________________________________




Meu livro ->
Físico ->
Youtube ->

Nenhum comentário:

Postar um comentário

✵ Sou a favor da liberdade de expressão então se expresse como você quiser ✵

❤ Você pode discordar de mim, pode defender sua ideia, mesmo sendo contraria a minha, mas entenda que é meu blog, e eu vou defender minha ideia até o fim. Eu apenas vou recuar caso tenha percebido algum erro ou equivoco meu. Então essa é sua chance, seja claro e aberto. Todos são bem vindo... Menos pessoas sem emocional para lidar com opiniões diferentes e descem a xingamentos e ameaças ❤

☞ Mas evite ser desnecessariamente rude, pois eu respondo os comentários com o mesmo peso da sua, respeito é sempre bom, você pode discordar de mim, eu não sou dona da razão, mas você também não é. Lembre-se, o blog é meu ☜

♛ Evite por spans, se for para vir comentar que seja porque você tem interesse na postagem e não por auto-divulgação ♛

( ͡° ͜ʖ ͡°) Comentários sexualmente explícitos e vulgares são excluídos ʕ・ิɷ・ิʔ

✎ Existe uma opção de receber respostas pelo e-mail evitando ficar visitando meu blog para ver se obteve resposta (e evitar gerar números falsos), o nome é “notifique-me”, as respostas irão para o seu e-mail (para desabilitar ficar recebendo respostas, a opção está no e-mail)

⚛ Isso é um blog de opinião pessoal. Não é "site de noticia", não é propriedade de ong ou empresa comercial, logo não precisa ser imparcial ou seguir alguma regra de alguma empresa ou pessoa privada alheira. Eu sou apenas uma pessoa aleatória, sem importância social, que escreve nas horas vagas ⚛

"EU DISCORDO DO QUE VOCÊ DIZ, MAS DEFENDEREI ATÉ A MORTE O SEU DIREITO DE DIZÊ-LO" - Voltaire

Mais regras aqui

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...