quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Anjos da guarda devem ser cegos ║ Um sonho doentiu que eu tive

Se passou um tempo, detalhes do sonho já se diluíram e se perderam na minha inconsciência... mas eu ainda estou pensando nisso...
E é tão doentio... tão fedido... que eu decidi compartilhar essa merda aqui...
...
Não faço ideia das coisas que se passam no meu inconsciente pra eu sonhar com tanta coisa absurda... até faço... mas quero pagar de inocente

Ps: Amanha post sobre o Paul... o cara que foi no cemitério japonês e filmou um cadáver... e causou drama... estou fazendo um especial, contando quem é esse cara e porque ele é tão adiado, não só de agora... AMANHA!







...No meio do sonho eu morri, não me lembro exatamente o que tinha acontecido, mas tem algo haver com meu ex-crush, porque eu queria voltar a vida e persegui-lo, mas eu me perdi no sonho...
 Quando a casa ao lado (da casa dele) soou gritos de uma criança, minha atenção foi puxada pra lá, e eu fui ver o que era

Eu atravessei o muro (porque eu era um fantasma ali... eu morri... se eu soubesse que estava morta e pudesse atravessar coisas, eu atravessava as paredes da casa do ex-crush e dava na cara dele, não lembro o que ele fez, MAS EU MORRI, mas eu tava sonhando, e nem tava sabendo dessa vez que estava sonhando)
Assim que entrei no quintal vi uma criança, uma menina, saindo chateada pela porta da frente chorando, então a voz de uma mulher zangada, a mãe dela, soou lá de dentro, a menina entrou em prantos... ela começou a fazer birra e se jogou no chão
Eu me aproximei da menina, e ela reagiu, como se pudesse me sentir ali, então comecei a sussurrar na cabeça dela, eu disse... "fuja"... porque era o que me batia na mente toda vez que intrigas entre eu e minha família acontecia. A menina reagiu fortemente, se levantou, e saiu pela porta correndo, e eu fui acompanhando ela.
Toda vez que chegava em uma esquina, ela ficava perdida, e eu sussurrava em sua cabeça para virar para um lado (aleatório)... No meio do sono eu a levei (a pé) da minha cidade atual, para a cidade da onde eu passei a infância... não sei como... as cidades ficam X quilometro de distancia (não sou boa com nenhum tipo de numero, então não sei heheheh) (curiosidade: acabei a guiando para uma rua que minha mãe me proibia de ir na minha infância, por ela presumir que era perigoso aquele lugar, mas eu sempre queria ir, só por causa das sempre presentes flores ou nas arvores, ou no chão... era um lugar cheio de arvores e bem "selvagem"... eu achava fofo)
A menina foi seguindo meus conselhos até atravessar essa rua inteira, virar mais uma esquina e chegar em um lugar escuro na qual eu nunca fui...
Todas as casas eram pintadas de cinza, menos uma, que tinha o portão vermelho, eu disse a ela "vai ali", por curiosidade, e ela foi

Na frente do portão apareceu um homem, alto e muito magro... com a pele pálida e olhos doentes, ele sorriu pra menina e a chamou para dentro, eu disse "não", mas ela não me ouviu, ela entrou dentro da casa
Dentro da casa ela parou de tremer e chorar por um momento, então começou a andar dentro da casa. O homem começou a guia-la para um canto da casa... e eu não conseguia fazer nada, ele não me ouvia, e ela me ignorava, até que eles chegaram no fim do corredor, e ele foi até a ultima porta, que também era vermelha, ele abriu a porta, atravessou por ela e afastando da porta, e ficou olhando pra ela numa distancia... meio que pra ver se ela entra ou não

Ela olhou pra mim, sabia que eu estava ali, e eu disse... "NÃO"
Mas ela atravessou os olhos e olhou para o homem, e parece que confiou nele e entrou no quarto
No lado de dentro havia vários corpos de bonecos de pano rasgados, todos eles tinham tamanho de crianças, como ela, todos eles estavam rasgados no peito... então ela voltou a chorar desesperadamente, como se tivesse visto algo muito ruim
Foi ai que o sonho perdeu o controle...
Esse homem agarrou ela e começou a agredi-la... de uma forma... err... bem, o cara era pedofilo, me surpreende de uma forma ruim meu inconsciente sonhar com uma cena dessa

Eu tentava puxa-la dos braços dele, mas eu não tinha forças nenhuma, quanto mais ela chorava, mais minhas mãos escorregavam... ela tinha perdido a fé em mim
Eu não conseguia tocar nele, minhas mãos atravessavam seu corpo, como se eu não estivesse ali pra ele

Ela ficou olhando pra mim chorando enquanto ele a agredia, até que ela parou, cobriu os olhos e eu continuei em desespero tentando falar com ela... tentando consola-la 
Quando ele terminou, ele deixou o quarto, e ela tirou as mãos dos olhos e ficou olhando para o teto, eu tentei falar com ela... mas ela não me enxergava mais, eu tentei toca-la e meu coração gelou quando as minhas mãos atravessaram seu corpo.
O homem fechou a porta, e a trancou dentro do quarto, e ela não reagiu, ficou olhando para o teto... em silencio...

...

Eu atravessei as paredes da casa e fui para o lado de fora, o homem estava lá, encostado no portão vermelho, e olhando para a esquina... Eu tentei machuca-lo, gritar com ele, mas nada o afetava... era como se eu não estivesse ali
Quando eu olhei para a direção que ele olhava.... vi a mesma menina descendo a rua, indo direto pra ele... e ai... eu acordei sufocada e totalmente desorientada e perturbada...
...
QUE DIABOS FOI ISSO??

Nenhum comentário:

Postar um comentário

✵ Sou a favor da liberdade de expressão então se expresse como você quiser ✵

❤ Você pode discordar de mim, pode defender sua ideia, mesmo sendo contraria a minha, mas entenda que é meu blog, e eu vou defender minha ideia até o fim. Eu apenas vou recuar caso tenha percebido algum erro ou equivoco meu. Então essa é sua chance, seja claro e aberto. Todos são bem vindo... Menos pessoas sem emocional para lidar com opiniões diferentes e descem a xingamentos e ameaças ❤

☞ Mas evite ser desnecessariamente rude, pois eu respondo os comentários com o mesmo peso da sua, respeito é sempre bom, você pode discordar de mim, eu não sou dona da razão, mas você também não é. Lembre-se, o blog é meu ☜

♛ Evite por spans, se for para vir comentar que seja porque você tem interesse na postagem e não por auto-divulgação ♛

( ͡° ͜ʖ ͡°) Comentários sexualmente explícitos e vulgares são excluídos ʕ・ิɷ・ิʔ

✎ Existe uma opção de receber respostas pelo e-mail evitando ficar visitando meu blog para ver se obteve resposta (e evitar gerar números falsos), o nome é “notifique-me”, as respostas irão para o seu e-mail (para desabilitar ficar recebendo respostas, a opção está no e-mail)

⚛ Isso é um blog de opinião pessoal. Não é "site de noticia", não é propriedade de ong ou empresa comercial, logo não precisa ser imparcial ou seguir alguma regra de alguma empresa ou pessoa privada alheira. Eu sou apenas uma pessoa aleatória, sem importância social, que escreve nas horas vagas ⚛

"EU DISCORDO DO QUE VOCÊ DIZ, MAS DEFENDEREI ATÉ A MORTE O SEU DIREITO DE DIZÊ-LO" - Voltaire

Mais regras aqui

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...